Samba e Carnaval no Japão – Japoneses Comemoram?

, , ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[ATENÇÃO] Quer Aprender Japonês? Clique aqui e acesse um curso gratuito!

Compartilhe com seus Amigos!

Será que existe Carnaval no Japão? Como fala Carnaval em Japonês? Você sabia que existem eventos de samba similares ao Carnaval Brasileiro no Japão? Neste artigo vamos saber tudo sobre as festas de carnavais dos japoneses como o Asakusa Samba Carnival.

Em todo mês de agosto costuma acontecer um evento chamado Asakusa Samba Carnival, um Carnaval no Japão, onde brasileiros e japoneses se juntam para sambar e desfilar. Já aconteceram mais de 37 eventos de Carnaval no Japão apenas em Asakusa.

Eu quero ir além, não vou falar apenas sobre esse evento como a maioria dos outros sites, quero falar sobre muitos outros eventos de carnaval do Japão, sua origem, sua popularidade e o samba. Então se prepare para uma grande imersão!

Como se diz Carnaval em Japonês?

Carnaval em japonês pode ser derivado do inglês Carnival [カーニバル]. A palavra Omatsuri [お祭り] que significa festival e festa, também apresenta um significado da carnaval que pode referir-se a um parque de diversões ou a qualquer festa em alguns idiomas.

Existe uma palavra japonesa para esse evento que é Shanikusai [謝肉祭] e descreve bem o significado desse feriado. O ideograma [謝] significa pedir desculpas ou recusar, enquanto o ideograma [肉] significa carne e [祭] significa festival.

O que é Carnaval? De acordo com dicionário, se refere a um Período anual de festas profanas, originadas na Antiguidade e recuperadas pelo cristianismo, e que começava no dia de Reis (Epifania) e acabava na Quarta-Feira de Cinzas. A palavra tem origem no latim “carna vale” que significa “adeus à carne”.

No Japonês a palavra em katakana é mais usada para referir-se aos desfiles, enquanto a palavra em Kanji é usada para referir-se ao Carnaval Original do Latim comemorado antes da quaresma pela igreja católica.

Japoneses Comemoram Carnaval no Japão?

Carnaval no Japão – Asakusa Samba Carnival

Mais de 500.000 pessoas visitam as ruas de Asakusa para acompanhar o maior desfile de samba do Japão com equipes de samba genuínas e brasileiras e também japonesas. Os tiozão posicionam suas cameras para capturar os melhores momentos do desfile ( ͡° ͜ʖ ͡°).

O desfile acontece na Kaminarimon Dori passando no meio da estação de Asakusa e no portão Kaminarimon do Templo Sensoji. Asakusa é um dos bairros mais antigos de Tokyo, cheio de casas tradicionais.

No concurso de 2018, o desfile consiste em uma liga S1 com 9 equipes e uma liga S2 com 11 equipes para um total de 20 equipes, com as principais equipes S1 com um total de 150-300 participantes.

As equipes têm seu próprio samba, incorporando dança, performance e canto, e até mesmo enormes carros alegóricos são preparados. Cada equipe tem seu próprio tema envolvendo os trajes, performance, dança, vibração e outros fatores.

Japoneses Comemoram Carnaval no Japão?

Como começou o Carnaval no Japão?

O primeiro evento começou no ano de 1981 e desde então é realizado todos os anos, exceto em 2011 por causa do grande impacto do Terremoto em Tohoku.

O objetivo do Asakusa Samba Carnival era celebrar e fortalecer o vínculo entre a comunidade japonesa e brasileira, cujos laços se iniciaram com o Tratado de Amizade, Comércio e Navegação em 1895 e com o início da Imigração Japonesa.

Geralmente acontece no período da tarde, entre 13:00 e 18:00. Além do Samba outros ritmos desconhecidos, instrumentos não esperados e desfiles inimagináveis sempre acontece nesses eventos japoneses.

Lembrando que Asakusa não é o único lugar onde acontece eventos similares ao Carnaval. O bairro de Yoyogi e Minato também realiza eventos similares em diferentes épocas do ano. Sem mencionar outras províncias com grande número de brasileiros.

O Carnaval Japonês pode não ter o mesmo glamor das danças e musas do Brasil, mas ao menos tem organização, educação e acima de tudo, o local é todo limpo depois do evento.

Japoneses Comemoram Carnaval no Japão?

Carnaval de samba de Okinawa

O Carnaval de Samba da ilha de Okinawa é realizado todo ano em Novembro. O Evento é organizado pela equipe de samba local, O Paisi Ki Ri Da Koza, em torno de 23 de novembro como o principal evento do Carnaval Internacional de Okinawa.

Vários eventos, como um palco de bandas de samba, um concurso de dança e um desfile de samba, são realizados na Koza Gate Street, que é a rua principal da cidade de Okinawa. Aproximadamente 300 pessoas, principalmente cidadãos locais, participam do desfile.

Há muitos participantes de equipes de samba como Tóquio, Osaka, Kobe e Fukuoka. De 2012 a 2014, a véspera do festival foi realizada em Mihama, na cidade de Chatan em Okinawa. Geralmente duas equipes desfilam ao mesmo tempo enquanto toca a música.

Samba e Carnaval no Japão - Japoneses Comemoram?

Samba no Japão

Quando se fala de brasileiros no Japão, os japoneses só lembram de Samba, Carnaval e Capivara. No Japão, música latina como tango , mambo e rumba e foram introduzidas no Japão e se tornaram até ritmos de músicas tradicionais japonesas.

Infelizmente a distância entre o Brasil e Japão foi maior, o samba não conseguiu se adentrar muito na cultura japonesa, mas existem algumas músicas japonesas como “Samba de borboleta branca”, “Samba de noiva”, “Samba de joaninha” e “samba de Matsuken”.

Infelizmente essas músicas tem um tom, ritmo e melodia bem diferente do samba brasileiro. Dizem que a imagem do samba começou a se enraizar no Japão após o filme de 1960 “Orfeu Negro” (dirigido por Marcel Camus).

A música deste filme era principalmente Bossa Nova, por esse motivo a maioria dos japoneses conhecem esses e outros tipos de samba. O carnaval do Rio, também foi conhecido no Japão por meio deste filme, o que levou a popularização de ambos.

Geralmente quando ocorrem festivais brasileiros, a presença de samba ou de pessoas fantasiadas para o Carnaval é recorrente. Por esse motivo, fique de olho também em pequenos eventos que levam o nome de Brasil ou Samba.

Alguns músicos de jazz japoneses como Sadao Watanabe tocavam bossa nova. Então, nas décadas de 70 e 80, os discos de samba começaram a ser lançados no Japão, e alguns fãs entusiasmados de música aumentaram o número de ouvintes.

Kiyoshi Hasegawa gravou uma música chamada “Farewell Samba” em 1969 e fez um pequeno sucesso. Nos anos 80, vários músicos do Brasil vieram ao Japão para apresentações. Ainda hoje, algumas lojas no Japão costumam colocar um samba instrumental como fundo.

O “Plassa 11 (onze)” em Minami-Aoyama é considerado a primeira casa de samba no Japão (um bar e restaurante onde você pode ouvir apresentações de samba ao vivo) e foi apresentado por muitos músicos brasileiros e bandas de samba japonesas. 

Você conhecia o Carnaval do Japão? Fazia ideia desse e outros eventos? Se gostou do artigo, compartilhe com os amigos e deixe seus comentários. Outra coisa que lembra o Carnaval no Japão são as fantasias do Robot Restaurante, já chegou a ler esse artigo?

Compartilhe com seus Amigos!

Comentários do site