Tecnologias e leis de trânsito no Japão

, ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[AVISO!] As Matrículas do Viajando para o Japão estão abertas! Clique aqui e faça sua matrícula! Corra!

Compartilhe com seus Amigos!

O Japão é conhecido mundialmente pela utilização e criação de tecnologias avançadas que visam a melhoria na vida dos cidadãos. Será que elas também são aplicadas para facilitar a vida dos motoristas? E como funciona as leis de trânsito em um dos países mais rígidos do mundo? Vamos entender um pouco mais.

Tecnologias e leis de trânsito no Japão - transito 1

Leis de trânsitos no Japão 

Assim como as outras leis do país, as de trânsito também são bastante severas e as penalidades podem ser bem duras, podendo até levar o motorista à prisão. A rigidez e a preocupação do governo com os motoristas, fez com que o país reduzisse drasticamente o número de acidentes de trânsito no país.

Uma pesquisa realizada pelo Data SUS, revela que em 1970 o número ficava em torno de 16,2 mortes a cada 100.000 habitantes, recentemente está em 3,2 mortes a cada 100 mil habitantes. Vamos conhecer um pouco mais sobre as leis e suas punições:

  • Não dirigir alcoolizado

Essa regra é básica em qualquer país, porém no Japão quando você é pego dirigindo após ingestão de bebidas alcoólicas, pode ser complicado. O motorista poderá ser condenando de 3 a 5 anos de prisão, dependendo da quantidade de álcool ingerido, além de ter a carteira suspensa. 

  • Não incentive ou seja passageiro de motorista alcoolizado

Isso mesmo, se você estiver dentro do carro junto com o motorista que ingeriu bebida alcoólica, a penalidade também será aplicada em você. Outro ponto interessante é que o dono do bar, também pode pagar multa se o motorista tiver ingerido bebida no estabelecimento dele.

  • Dirigir utilizando o celular

Os perigos da utilização do celular enquanto dirige já não é segredo para ninguém, porém no Japão as coisas podem mudar um pouco. Dependendo do tipo de veículo, a multa pode chegar a 25 mil ienes e o motorista poder perder até 3 pontos na carteira. Um ponto marcante é que a reincidência da infração, pode fazer com que o motorista seja preso.

  • Pedalar alcoolizado 

Não é só os motoristas de veículos automotores que são penalizados na terra do sol nascente, os ciclistas que forem pegos dirigindo após a ingestão de álcool também irão ser penalizados. A multa pode chegar a 1 milhão de ienes e até 5 anos de prisão, dependendo das consequências da infração. 

Esses são apenas algumas das diversas leis que o Japão apresenta. Por mais que as ideias principais sejam parecidas com as do Brasil, as penalidades são bem mais severas, fazendo com que o trânsito seja mais seguro. Outro fator que também contribui para a segurança no trânsito, são as tecnologias que o país oferece.

Tecnologias e leis de trânsito no Japão - trem japao 2

Tecnologias aplicadas no trânsito

Não podemos negar que o Brasil já esteja utilizando novas tecnologias facilitadoras, como é o caso da digitalização dos documentos (CNH e CRLV), recentemente aplicada no DETRAN-BA e também nos demais estados, porém o Japão está a alguns passos a frente no quesito tecnologia. Vamos conhecer um pouco sobre elas e entender como a utilização está sendo útil para o país:

  • Semáforos inteligentes 

Os semáforos inteligentes atuam como um agente de trânsito e trabalhar de acordo com a necessidade e quantidade de carros que estão passando no local. Um dispositivo será instalado na frente dos semáforos e irá coletar informações que serão enviadas para uma central, que terá o tempo ajustado automaticamente, evitando congestionamentos. 

  • Transporte público

Um país onde exista um transporte público de qualidade, faz com que os acidentes de trânsito sejam diminuídos. O país é conhecido pelos transportes rápidos e também alternativamente ecológicos (Alguns). Uma novidade, que poderá ser testada em 2020 são os taxis autônomos, que irão dirigir sozinhos pelas ruas do país. 

  • Dispositivos para idosos

O número de acidentes envolvendo pessoas acima de 65 anos de idade, no Japão, é significativo. Pensando nisso, engenheiros japoneses, desenvolveram dispositivos que irão auxiliar os motoristas durante as manobras e manuseio no veículo, em geral. A ideia é a diminuição de acidentes entre pessoas dessa faixa etária. 

A tecnologia aliada as leis de trânsito fizeram com que o Japão se tornasse um dos países mais seguros para dirigir. Se você pensa em visitar ou mudar para o país, é importante conhecer as leis vigentes para que não ocorra nenhum imprevisto. 

Eduardo Soares, especialista em SEO e apaixonado por leitura e escrita

Compartilhe com seus Amigos!

Comentários do site