O melhor desenho do Sonic: Confira a Review do Sonic X

ESCRITO POR
O melhor desenho do Sonic: Confira a Review do Sonic X 1

Quem nunca jogou Sonic? Mesmo que você não tenha tido um game da série, seja na época em que a SEGA desenvolvia seus consoles ou depois, muito dificilmente você não ouviu falar desse personagem. Ele está presente em diversos brinquedos, já teve até biscoito recheado, cadernos, quadrinhos e vários desenhos animados para TV. No entanto, há apenas um desenvolvido no Japão, que é considerado pela grande maioria dos fãs como o melhor de todos: Sonic X. 

O anime foi desenvolvido pela TMS Entertainment, que é uma subsidiária da SEGA, e mostra as aventuras de Sonic e seus amigos após serem teletransportados para o planeta Terra graças a habilidade Controle do Caos que o Dr.Eggman ativou com o poder das sete esmeraldas. Lá, o Sonic conhece o Chris Thorndyke, um menino rico (será que ganhou nas loterias mega sena?) que o hospeda em sua casa e ambos acabam virando grandes amigos. Basicamente, o objetivo do Sonic é dar um jeito de voltar ao seu planeta junto com os seus amigos. 

São três temporadas distintas, sendo que a primeira conta com episódios inteiramente originais e possui grande ênfase no personagem Chris Thorndyke. A segunda já busca adaptar as aventuras dos jogos da época, incluindo episódios que compreendem as histórias do primeiro Sonic Adventure lançado para o Dreamcast em 1999, Sonic Adventure 2, do mesmo videogame, lançado em 2001, e Sonic Battle lançado em 2003 para o GameBoy Advance. Por fim, a terceira temporada, que é considerada pela grande maioria dos fãs como a melhor de todas, se passa no universo do Sonic e conta uma história inédita também. 

Curioso que há uma visível evolução da qualidade ao longo dos episódios, principalmente em questão de roteiro. Na primeira temporada tentaram apostar em algo mais “leve” e focado na comédia com algumas cenas de ação, algo que levava a episódios divertidos, porém não tão memoráveis, enquanto na terceira e última a história fica muito mais densa e todos os personagens passam a ter fundamental importância. Chega a dar “pena” que a série tenha acabado justamente em seu auge, com episódios bem viciantes e que sempre acabam em um cliffhanger que estimula você a continuar assistindo, além de prenderem bastante a atenção do espectador.

Infelizmente, a versão que chegou até nós pela TV foi a adaptação da 4KIDS, que censurou diversos tipos de cenas e modificou a trilha sonora para uma mais genérica, visando ao máximo ter um apelo mais infantilizado e, desse modo, condizer com crianças norte-americanas. No entanto, aqueles que tiveram acesso a edição original japonesa, tendem a preferir esta, já que conta com mais cenas de batalha e diálogos dramáticos. 

O anime foi muito bem recebido no mundo inteiro por ser bastante fiel ao formato dos games oriundos da saga Adventure, sendo que os próprios desenvolvedores dos jogos estiveram envolvidos na produção da animação. Todos respeitam muito bem as características individuais dos personagens e os inéditos que surgem ao longo da trama também combinam com o resto do elenco.

O destaque vai para a empolgante reta final da última temporada, com batalhas muito épicas e um desfecho surpreendentemente tocante, que poderá fazer os corações “mais gelados” derramarem lágrimas. Além disso, essa também é a encarnação onde o relacionamento da Amy e do Sonic são bem mais “próximos” do que nas outras franquias. Parece que ele demonstra algum tipo de afeto por ela, indicando que ele pode corresponder seus sentimentos, apesar de não haver uma confirmação oficial por parte da SEGA e da TMS. Há até mesmo em um dos episódios onde a Amy Rose questiona ao Sonic se ele a ama e, ao dar uma flor a ela, ele responde, porém este áudio é mutado ao telespectador, ficando em aberto sobre o que ele deve ter dito a ela. 

O melhor desenho do Sonic: Confira a Review do Sonic X 2

Sonic X atingiu grande popularidade nos Estados Unidos e na França, constantemente atingindo a posição número um em ambos os países. No ano de 2007, foi o anime mais exportado da TMS, inspirando a empresa a desenvolver animes que venderiam bem fora do país. 

No entanto, o maior ponto de crítica entre todos é, além da localização em inglês, a presença do personagem Chris Thorndyke, que tem uma grande importância na história, mas para muitos, acaba se tornando o típico personagem “chato”. Há um grande amadurecimento dele ao longo dos episódios, e ele acaba sendo de fundamental importância para os outros personagens durante a última temporada. Thorndyke foi criado especialmente para atingir as crianças japonesas, sendo que por lá ele é muito bem visto e é considerado o personagem favorito de muita gente. No entanto, por questões culturais, nós acabamos não tendo a mesma visão dos asiáticos. 

No fim das contas Sonic X vale a conferida. Como já é antigo, ele pode ter as animações um pouco antiquadas e alguns cenários serem visivelmente em baixa resolução, mas o carisma do protagonista aliado a momentos bem divertidos fazem este ser o melhor desenho do mascote. Só tome cuidado com os episódios finais! Prepare os lenços. 

Compartilhe Nosso artigo:

Comentários do site