Como eu aprendi Japonês – By Gengotaku

Aprenda Japonês com Animes, clique para saber mais!

Anúncio

Neste vídeo/artigo o meu amigo Júlio César Pereira da Silva, mas conhecido como Gengotaku, vai compartilhar suas dicas de como ele aprendeu japonês. Para quem não conhece, eu já escrevi uma matéria sobre esse brasileiro poliglota que mora no Japão e que serve de exemplo para todos aqueles que desejam realizar seus objetivos.

Você sabia que o Gengotaku montou seu próprio curso de japonês online? Clique aqui para saber detalhes e se inscrever.

Motivação PARA ESTUDAR

O primeiro ponto citado no vídeo que ajudou o Gengotaku a aprender japonês foi a motivação. Hoje muitos querem aprender japonês, mas não possuem nenhuma motivação, então reveja bem seus objetivos e o porquê deseja aprender japonês.

Anúncio

Não importa a motivação, não precisa ser algo envolvendo carreiras de trabalho, pode ser apenas por hobby. Como o vídeo citou, Gengotaku ganhou motivação pelas artes marciais japonesas. Então não tem nenhum problema querer aprender japonês apenas por causa de animes.

No vídeo o Gengotaku menciona um livro muito bom chamado Nihongo no Kiso [日本語の基礎] que significa base da língua japonesa.

AULAS PARTÍCULARES E CURSOS

Sem um grande esforço aprender japonês sozinho pode ser bastante complicado. O Gengotaku recorreu a aulas particulares semanais e logo em seguida fez uma faculdade na UFRJ, conseguindo assim viajar para o Japão em 93 com a bolsa da Fundação Japão.

Anúncio

Fazer uma formação de português e japonês é uma das formas mais fáceis de conseguir alguma bolsa ou oportunidade de morar no Japão. Sem isso você vai estar sujeito a pegar um caminho mais complicado como eu estou passando agora.

Ao fazer a bolsa Mext em Okinawa no ano de 94, Gengotaku mostrava ser bem dedicado aos estudos, estando em um nível elevado a grade normal da Universidade. Logo ele começou a mostrar interesse em aprender dialetos. No futuro ele ainda fez mestrado em Osaka.

Como eu aprendi japonês - by gengotaku

Outros livros interessantes que o Gengotaku citou no vídeo foi o Nihon no Hogen [日本の方言] que fala sobre os dialetos do Japão e um livro histórico chamado Kojiki. Infelizmente só achei o Kojiki para compartilhar:

Anúncio

É uma história simples, mas cheio de dedicação e esforço, que começou apenas como um sonho de infância. Caso tenha interesse em ver o restante da história do Gengotaku pode ler o artigo que fala sobre ele clicando aqui.

Para finalizar vou deixar um vídeo da entrevista que meu amigo Roberto Pedraça fez com Gengotaku: