Caça às baleias no Japão – A culpa é dos japoneses?

ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[AVISO!] As Matrículas do Viajando para o Japão estão abertas! Clique aqui e faça sua matrícula! Corra!

Compartilhe com seus Amigos!

É muito comum notícias saírem na internet sobre caça às baleias no Japão. E dentre os comentários, muitas pessoas ignorantes soltam palavras de ódio sem nem se quer saber o que realmente acontece.

Hoje eu quero raciocinar sobre esse assunto, e entender realmente o que acontece com as baleias no Japão. Vamos entender também porque você não deve agir como um idiota saindo criticando um país inteiro por causa de um insignificante número de 0,0000000000000001% da população que apoia essa caças de baleias.

Sumário do Artigo 
- Entendendo a Caça às baleias
- A hipocrisia das pessoas

Entendendo a caça às baleias

A caça ou pesca de baleias, conhecido também como Baleação tem uma longa história e diversos motivos. Não apenas o Japão, mas o Brasil, Portugal e diversos países caçavam baleias até que cada país proibiu a caça por volta de 1985.

A caça de baleias para comercialização da carne foi proibida mundialmente em 1982 pela Comissão Baleeira Internacional (CBI). Desde então o Japão não tem caçado baleias para comercializar sua carne, apenas para estudos. Só que eles justificam que a carne deve ser aproveitada depois dos estudos, assim a carne acaba sendo comercializada por preços absurdos.

O Japão já consumiu muitas toneladas de carne de baleia assim como o resto do mundo entre os anos 50 e 60, mas esse consumo acabou drasticamente. Hoje raramente é possível encontrar essa carne. O consumo ainda só acontece porque burocratas do governo permitem as caças de baleias para estudos científicos.

caça às baleias

Atualmente além do Japão a Islândia e Noruega caçam baleias para “fins científicos”. Ainda assim essas organizações cientificas acabam sendo acusadas de comercializar a carne. Mais de 300 baleias são caçadas por ano, e apesar de críticas, são os turistas que visitam esses países que acabam consumindo a carne de sobra que é comercializada. O Japão é um dos países que acaba exportando a carne para outros países, enquanto menos de 0,1% da população do Japão teve a chance de experimentar essa carne.

Atualmente estima-se que existem cerca de 100.000 baleias-anãs na natureza, fazendo com que essa espécie esteja longe de extinção. Porem as baleias comuns estão com risco de ser extintas devido ao seu grande consumo no século passado.

A hipocrisia das pessoas

Eu assim como vocês fico muito triste em saber que baleias são assassinadas para fins científicos, mesmo as baleias demorando mais de 2 anos para se reproduzirem. Será que isso é realmente um motivo para tantos discursos e comentários de ódios contra os japoneses na internet?

Lembre-se que é apenas um pequeno número insignificante de pessoas que aprovam essa caça às baleias. O Japão possui 127 milhões de habitantes, e muitos japoneses fazem protestos e detestam esses acontecimentos. Mas assim como qualquer país, a lei é falha e acaba deixando passar essas atrocidades!

Você vai mesmo julgar uma nação inteira por causa de uma dúzia de cientistas idiotas e burocratas ricos que usam brechas nas leis? O que os 127 milhões de japoneses tem haver com isso? Por que só criticam o Japão e não os outros países que consomem a carne ou capturam baleias?

Notícias generalizadas, sensacionalistas e sem detalhes, criadas apenas para gerar acessos, acabam aumentando esse ódio das pessoas. A mesma coisa acontece com respeito ao número de suicídios, e o preconceito no Japão. Algo pequeno que acaba sendo generalizado.

Lembre-se daquele ditado: Tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão. Antes de sair criticando um país por contribuir para destruição da natureza e extinção de animais, pare e pense: Meu país não faz a mesma coisa? Não tem feito coisas piores para acabar com a natureza? Quem sou eu para criticar um país por causa de algumas pessoas?

E depois ficam reclamando de seu país ter fama ruim apenas por causa de alguns. Você não está fazendo a mesma coisa? Infelizmente vivemos num mundo cheio de ignorância, desinformação e hipocrisia, não deixe que isso se espalhe! Somos contra a caça às baleias, mas também somos contra o ódio e a criação de polemicas desnecessárias.

Compartilhe com seus Amigos!

12 comentários em “Caça às baleias no Japão – A culpa é dos japoneses?”

  1. Há um livro chamado “A lógica do Cisne Negro” que ilustra perfeitamente isso. Na verdade essa falta de tato na interpretação dos fatos é algo biológico em nós. Tem haver com falhas na abstração e generalização de padrão. Se falamos que a “a maioria dos caçadores de baleia é japonesa”, o cérebro automaticamente atribui também que “a maioria dos japoneses caça baleia”, isso é um problema que o autor do livro chama de a falha de “ida e volta” (dada uma afirmação, achamos que a recíproca é verdadeira). É mais ou menos o mesmo que acontece com o terrorismo. Se a afirmação “a maioria dos terroristas é muçulmana” estivesse correta, achar que a maioria dos muçulmanos são terroristas é um caminho natural para nosso cérebro, mas causa o mesmo erro, já que o % de terroristas dentro de um grupo é extremamente pequeno, entende? Segundo o autor, isso ocorre porque a complexidade que vivemos hoje está além daquela que o cérebro humano foi nativamente criado (a afirmação que “os animais que nos matam são selvagem” nos tempos primitivos poderia ser generalizada para “todos animais selvagem matam”). Discorro sobre isso porque acredito que estamos em um momento de entendermos que há muitos fatores (inclusive biológicos) para esses deslizes… Então convido a todos para um reflexão, tolerância e seguir “apesar de”… É apenas um convite, sintam-se a vontade de aceitá-los ou não… 😉

    Responder
  2. Caro autor,creio que esse é um tema muito complexo para podermos definir em poucos parágrafos….
    Não consumo carne de baleia,não tenho posição definida sobre o assunto,mas a decisão de comer é de cada pessoa,li sobre o assunto e questiono os que criticam a baleação.
    O objetivo principal citado pelo governo Japonês é a sustentabilidade,então independente do ciclo de reprodução e de vida da espécie a baleação não traria danos drásticos na fauna e flora marítima.(se realmente cumprir com a sustentabilidade)A própia CBI estuda e define as espécies que estão fora de perigo de extinção,por acaso são os os mais apropriados para a baleação.
    Falando de sustentabilidade acaba com todo debate sobre o assunto,pois o que mais se reclama?
    Coitado?matança?e outros alimentos?não se cria em fazenda?cultura atrazada?retrocesso?
    Vamos analizar então:
    A matança de vida para nos alimentar é rotineiro,nem temos dó quando vemos uma bandeja de carne(imaginou o animal?),ultimamente muitos nem agradeçe a vida
    que tiramos para podermos na maioria das vezes saciar nossa gula,pois estudos dizem que comemos mais que o necessário para sobreviver.
    Outra que dói pra todos,uma vaca consome quanto de água?ração?elimina o quanto de gases em quanto está engordando para abate?
    e a vida de uma vaca alimenta quantas pessoas?a vida de uma baleia alimentaria quantos?matemática simples…
    Japão não precisa comer baleia sem tem outros alimentos;sim,por regra,mas com o aumento da população mundial a diversidades alimentar é a única solução para amenizar a falta de alimentos e a procura por um certo tipo de carne.
    “Não temos fazendas de baleias”….impossível a criação em cativeiro de muitas espécies de cetáceos,isso é fato.
    Mas a caça é no habitat deles,nasceram e cresceram livremente,só se for abatido nesse mar gigante vai ir nas prateleiras…então qual a difença de pescar atum?
    Bem diferente de fazenda industrial, na qual selecionam e até mudam geneticamente quem nasce,fora que crescem e engordam forçadamente e tem o cilclo de vida mais curto apenas por ser de abate.
    Se ambos são para nossa alimentação qual é mais cruel?
    Se não me engane poucos países aproveitavam tanto a vida tirada,faziam artefatos com ossos e dentes,comiam partes que muitos nem imaginavam,enquanto que outros países só matavam para obter a gordura como combustível e jogavam no mar,sabia?
    Essa é a diferença cultural,se foi num Yakiniku sabe que japas comem o aparelho digestivo dos animais…eles sempre tiveram dificuldades com alimentos,então aproveitavam no máximo e agradecem (itadakimasu),reflita mais sobre isso.
    Retrocesso;Será que nosso costume de consumir carne bovina que na India é considerada sagrada,suína que religião islãmica não consomem é considereada retrocesso para eles?

    Então qual a diferença de comer carne bovina, suína ou de baleia? religião que não permite comer porco não reclama do nosso torresmo,mas reclamamos de baleias?qual seria o motivo?(lembrando os dados da CBI e baleação sustentável)
    O que nos alimenta é a vida de outros animais e vegetais, não somos movidos a energia elétrica.

    Responder
    • Seu comentário foi, na minha opinião, a melhor reflexão/argumentação que já li até agora sobre o tema. Parabéns!

  3. Po camarada, um cara tão inteligente como você, se deixa cair nessa justificativa de “estudo científico” é muito bizarro.
    Concordo com a parte que não podemos julgar um país todo por atos de “poucas” pessoas, que na verdade tbm não são poucas pessoas, é um Governo que lucra com a venda de carne, pq esse é o real motivo das matanças.
    Pesquise mais sobre a Sea Shepherd e verá a verdade, e é cruel meu amigo.

    Responder
    • Eu não caio nessa, é a justificativa deles… É obvio que eles devem exportar as carnes pra fora… Mas sim, se for contar o número de envolvidos nesse trafico da menos de 0,0000000000000000000000000000000001% da população japonesa, a critica é com respeito as pessoas mostrarem ódio pelos japoneses apenas porque isso acontece no país… Se fosse algo envolvendo uma boa % da população tudo bem, mas o número de envolvidos é tão insignificante pra gerar ódio contra uma nação. Até o número de suicídios que pessoas clamam ser alto e usam isso para criticar e dizer que japoneses são infeliz é algo insignificante (falo proporcionalmente, qualquer número envolvendo mortes é algo lamentável e triste)… Tipo 15 a cada 100.000 pessoas cometem suicídio, então vamos falar que japoneses são frios, insensíveis e que la o povo não é feliz por causa dessse numero… O que eu tento deixar claro aqui é a relatividade… O povo generaliza demais e eu tento diminuir isso.

Comentários do site