Natal: Como os japoneses costumam celebrar a data?

[ADS] Anúncio

No Japão, 99% da população é budista ou xintoísta, com poucos cristãos. Assim, o Natal é mais considerado um momento mágico de difusão da felicidade e do amor, do que uma celebração religiosa como muitos países.

Tendo os pontos iniciais em vista, é importante reforçar que o Natal no Japão não tem significado religioso, e não há o sentimento comum de reunir toda a família para a ceia e nem fazer a tradicional troca de presentes. 

Para facilitar o entendimento sobre todo esse tema, que tal se aprofundar no nosso artigo e saber, inclusive, quais são as tradições alimentares desse povo durante a época natalina? – garanto que você vai se surpreender, pois há uma forte diferença quando comparado ao Brasil.

Entenda como funciona o Natal no Japão

Porém, apesar de não possuírem os mesmos símbolos e tradições, os japoneses adotaram diversos costumes ocidentais. Inclusive, para facilitar o entendimento, podemos citar os seguintes aspectos:

  • Decorar árvores;
  • Decorar as luzes de toda a cidade;
  • Enviar e receber cartões;
  • Enviar e receber presentes de Natal. 

Ou seja, eles acabaram adotando uma moda que vem crescendo a cada ano, principalmente entre os jovens – que devem levar isso cada vez mais à frente, passando de geração em geração.

Desse modo, desde novembro, as ruas estão repletas de enfeites natalinos, assim, a decoração de natal para cidades enche as ruas e algumas casas, que também se integram ao ambiente. 

Com isso, todo o espaço fica tomado por iluminações gigantescas, árvores bem enfeitadas e músicas ambiente nas lojas – que, inclusive, ficam prontas para vender seus doces, bolos, roupas e enfeites temáticos da época em questão.

Natal no japão – como os japoneses comemoram o kurisumasu?

Conheça um pouco sobre a história do Natal no Japão

Pois bem, em 1914, as ilustrações de Natal foram publicadas na revista infantil Kodomonosomo, publicada por Motoko Hanin e Yoshikazu Hanin. 

Inclusive, nessa época, surgiram muitas outras revistas e animações infantis, mostrando muitas ilustrações relacionadas ao Natal e todo o seu significado e beleza. Nesse período, outras ilustrações e animações também se popularizaram, criando uma tradição.

É importante dizer, ainda, que existe até um anime que mostra bem este feriado e traz a tradição das noites especiais entre casais, chama-se Amagami SS e é baseado no romance de mesmo nome. 

Já sobre a tradição de presentes e decorações, ela foi popularizada em 1930. Fazendo com que diversos paletes de madeira usados se esgotassem cada vez mais rápido, devido a alta demanda de compra de presentes – que variavam bastante de opção.

Além de todos os pontos já citados, na década de 1960, com a economia em expansão e a enorme influência da televisão americana em quase todo o mundo, o Natal se tornou popular. 

Fatores como canções e dramas de TV, bem como as campanhas publicitárias de frango do KFC, tornaram o Natal popular entre os japoneses. 

Inclusive, depois disso, podemos dizer que a entrega de presentes, como brindes corporativos personalizados, luzes e noites românticas durante a data acabaram se tornando bem tradicionais. 

Natal no japão – como os japoneses comemoram o kurisumasu?

Natal de uma forma romântica e noite iluminada

A origem do Natal com relação ao amor entre os casais é algo desconhecido, algumas pessoas dizem que por ser uma época de amor e alegria, associam o amor ao amor entre os casais. 

Mas há outra história que remonta ao período de 1982, quando um musical chamado “My Valentine is Santa Claus” alcançou o topo das paradas e se tornou muito popular. 

Além de tudo o que já foi dito, é necessário falar também que muitos eventos são realizados em todo o território japonês. Afinal, é um momento muito alegre, no qual os shoppings no Japão costumam ficar lotados, dificultando, inclusive, o controle de acesso das pessoas.

Entretanto, os japoneses não celebram o Natal religioso, mas em termos de decoração de festas, eles dão um show! Nessa época, não economizam na luz e no brilho de suas cidades. 

Inclusive, no fim de ano, quando é o começo do inverno no país, é preciso aquecer as noites, e as luzes atraem as pessoas para rua para um belo espetáculo, ou seja, é um momento em que o calor humano marca presença.

Ademais, algumas ações de Natal acontecem em complexos altamente decorados e iluminados, com uma deliciosa atmosfera natalina, ótimos lugares com diversas tecnologias para visitar e fazer compras em totens de autoatendimento e outros itens.

As iluminações, luminárias e lanternas tradicionais do japão

Conheça um pouco sobre as principais ações da época

Opções não faltam quando falamos sobre o Natal dos japoneses, inclusive, dentre os principais passeios para a data temos os seguintes:

  • Disney em Tóquio: todos podem se encantar com diversos eventos natalinos;
  • Universal Studios: a colorida “ Parada de Natal” atrai muitas pessoas;
  • Confeitarias: doces tradicionais demonstram toda a cultura e representatividade;
  • KFC: combos de natal que dão um gostinho especial para todas as famílias.

Os eventos no Japão ainda tem fogos de artifício, produtos especiais como mochilas promocionais, doces de graça e um natal para lá de especial. Ou seja, é um ótimo lugar para passar o natal em família com as crianças.

O Japão também recebe mercados de Natal inspirados na “velha” Europa. Em várias cidades do país, os mercados oferecem de tudo, desde ornamentos de árvores, comidas típicas, doces e bebidas como vinhos, chocolates quentes até etiquetas em branco.

Doces são uma pedida certa 

Algumas confeitarias também confeccionam criativos doces (wagashi) para essa época. Doces artísticos e tradicionais da confeitaria japonesa representam a essência e o refinamento da cultura nipônica.

Com uma textura leve e delicada, geralmente, são feitos de farinha de arroz, feijão azuki e ágar-ágar, uma espécie de gelatina feita de algas marinhas. Originariamente eram servidos em banquetes da aristocracia e da corte Homeric e servidos com chá (matcha).

Outra tradição culinária importante do Natal no Japão, são bolos com massa de pão de ló com cobertura e recheio de chantilly e morango. Esse é um bolo bem comum no Japão e é vendido o ano todo, até mesmo nos mercados e lojas de conveniência. 

Presente no Natal e nos aniversários, o bolo ganhou popularidade após a derrota do Japão na 2ª Guerra Mundial. Foi uma época de sofrimento e escassez de comida, e doces eram verdadeiros itens de luxo. 

Com a ocupação americana que forçou a reconstrução do país, doces começaram a ser vistos como uma esperança de um futuro melhor e mais próspero. Conforme o conceito do Natal foi entrando no país após a guerra, a economia também quis se beneficiar disso. 

Com ingredientes agora disponíveis e encontrados facilmente em diversos mercados e lojas, esse bolo de natal de morango se tornou um símbolo de superação. Morangos e chantili foram escolhidos, pois, representam as cores da bandeira do Japão.

- kurisumasu keki: conheça os tradicionais bolos japoneses de natal

Não podemos esquecer dos pratos salgados

Além disso, em todo natal, milhões de famílias japonesas compram sua “ceia” no KFC. Inclusive, essa é a maior tradição do espírito natalino japonês. A demanda é tão grande que as pessoas começam a fazer pedidos do menu especial de natal 6 semanas antes.

Tudo começou com Takeshi Okawara, o gerente do primeiro KFC do país. Depois de inaugurar em 1970, Okawara teve a ideia inovadora de vender “baldes de festa” especiais para o natal.

A ideia se deu depois que ele ouviu vários estrangeiros reclamando que sentiam falta da comida típica do seu país de origem durante essa época. 

Em 1974, o KFC pôs em ação seu plano de marketing nacional, chamado Kentucky para o Natal. A propaganda deu tão certo que Okawara ascendeu rapidamente na empresa elevando cada vez mais seus cargos e responsabilidades, até chegar ao de CEO do KFC do Japão, entre 1984 e 2002.

O Balde de Festa se tornou um fenômeno nacional quase que instantaneamente, tomando proporções gigantescas, sendo que até então não havia nenhuma tradição de natal no país. 

As refeições são grandes o suficiente para uma família inteira e incluem não apenas frango frito, também bolo e salada, dependendo do que você escolher.

Além disso, a campanha ajudou a divulgar o “mascote” da empresa, o Coronel Sanders, que durante o final do ano é vestido com a roupa do Papai Noel, o que o tornou a imagem do Papai Noel no país fazendo diversas famílias comprar papai noel inflável para essa representação.

Natal no japão – como os japoneses comemoram o kurisumasu?

Considerações finais

Como visto no conteúdo, fica fácil afirmar que o Japão se tornou um ótimo cartão postal para a celebração do natal, trazendo uma cultura totalmente diferente das demais, carregando diversas tradições que fazem a data ser única no país.

Desse modo, se você tem curiosidade em viver novas culturas, agora você já sabe o que esperar caso resolva passar as festas junto ao povo japonês, principalmente no que diz respeito às comidas e tradições.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhe Este Artigo: