Mochi – Tudo sobre o bolinho pegajosos japonês

, , ESCRITO POR


Você já ouviu falar no docinho de arroz chamado de mochi [餅]? São bolinhos de arroz mastigáveis e pegajosos parecidos com chicletes. Neste artigo vamos ver tudo sobre esse ingrediente essencial na culinária japonesa.

O mochi é feito ao bater o arroz japonês pegajoso chamado de mochigome, até que ele vire uma massa. Basicamente é arroz glutinoso moído em pasta e depois moldado. Mochi é um ingrediente comum em muitos pratos japoneses, sobremesas e doces.

É possível encontrar diferentes tipos de doces feito de mochi ao longo do ano em todo canto do Japão. Tradicionalmente ele faz parte das festividades de fim de ano e ano novo. 

Diferentes tipos de wagashi (doces tradicionais) são feitos com mochi, existem até mesmo sorvetes e sopas. O mochi mais tradicional é uma bolinha achatada branca. Para não grudar na mão ele é polvilhado com farinha.

Uma boa pegada é grelhar o mochi e comer com molho de soja e açúcar, é uma maneira bem comum e deliciosa.

A ORIGEM DO MOCHI



A origem exata do mochi é desconhecida, mas acredita-se que surgiu da China como tudo no mundo. Outros acreditam que o mochi está presente na cultura japonesa a milhares de anos desde a Era Jomon.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Mochi é um objeto essencial nas festividades do fim e começo de ano, essa tradição começou na Era Heian (794-1185) e logo depois foi usado como oferendas em cerimônias religiosas.

Existem diversas teorias para explicar o nome mochi, uma delas afirma que vem do verbo motsu [持つ] que significa manter ou pegar. Outros afirmam que é um alimento divino, ou tem relação com a palavra lua cheia (mochizuki) ou viscosidade (muchimi).

Bolinhos pegajosos de arroz símilares são encontrados por toda Ásia na China, Tailândia, Laos, Myanmar, Coreia e Filipinas. Todos são feitos de arroz glutinoso, batido e moído. Alguns também são usados em tradições e festividades anuais.

MOCHITSUKI – FESTIVAL DE ANO NOVO



O mochitsuki é um festival que conta com a participação das pessoas durante o ano novo, para pilar o arroz até virar o mochi. Como rito de passagem de ano, o apiloamento coletivo do arroz realizado nas vésperas do Ano Novo é emblemático: representa a certeza da recompensa do esforço árduo e solidário.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Já a distribuição do mochi no shogatsu, representa a renovação da esperança de fartura à mesa durante todo o ano que se reinicia. O mochitsuki é a forma tradicional de fazer mochi, onde consiste bater os grãos de arroz inteiro no pilão chamado de “usu“.

Não se deve fazer mochi no dia 29 de dezembro, pois pode trazer má sorte. Isso porque o “ku” do número 9 lembra palavras como dor [苦] e escuridão [黒].

Para o cerimonial:

  1. O arroz glutinoso polido é deixado de molho durante a noite e cozido.
  2. O arroz cozido é sovado com um maço (kine) em um gral (usu). Duas ou mais pessoas trabalham em movimentos ritmados sovando, virando e umedecendo a massa.
  3. A massa macerada é moldada em vários formatos, dependendo da localidade. Em Osaka ele toma forma esférica, em Tóquio o formato é cúbico.

Embora o mochitsuki não seja necessariamente uma celebração religiosa, grande parte das famílias japonesas celebra a passagem do ano oferendando moti a deidades em seus oratórios domésticos, motivo pelo qual se encontram eletrodomésticos de fazem o moti até mesmo fora do Japão.

Fazer mochi com pilão pode ser algo perigoso, já que sua mão fica milésimos de segundos de ser amassada por um bastão de madeira, como mostra o vídeo abaixo:

Diferentes variedades de doce DE Mochi

Kusa Mochi – Significa literalmente grama, ele tem uma cor verde aromatizado com artemísia (yomogi). Existe também o Kinako mochi que é coberto com uma farinha de soja integral torrada e moída.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Daifuku [大福] – O Daifuku, é um doce japonês que consiste de pequenas bolas de mochi recheado com algo doce, geralmente anko (pasta de feijão azuki). O daifuku aparece em diversas formas diferente, alguns colocam morango criando o ichigo daifuku.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Sorvete  de moti – São pequenas bolas coloridas recheadas com sorvete. Ao ser produzido por métodos tradicionais, quando esta congelado torna-se tão duro como uma rocha. Por isso ele é tipicamente feito com uma farinha especial chamado mochiko que produz uma textura semelhante. A primeira receita foi lançado em 1981 com nome de Yukimi Daifuku.

Warabi Mochi – Uma geléia feita de amido de samambaia e coberto de kinako. O warabi não contém arroz, mas é amplamente considerado um tipo de mochi.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Dango – Um bolinho de massa japonês feito de mochiko. Dango tem uma textura e sabor semelhante ao mochi. Ele costuma ser servido com chá verde e possui suas próprias variações como o Hanami, Mitarashi, Bocchan e Denpun.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Uiro Mochi – Um bolo cozido japonês feito de farinha de arroz e açúcar. Outra sobremesa que não é um verdadeiro mochi, mas é chamado por sua textura borrachuda.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Diferentes variedades de pratos



Kirimochi ou Kakumochi são blocos usados como um ingrediente básico na culinária japonesa. Costuma ser adicionado em macarrões, guisados ou qualquer prato que você imaginar.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Oshiruko – Uma sopa de sobremesa, feita com feijão azuki e pedaços de mochi.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Chikara Udon – O macarrão grosso japonês feito de farinha de trigo, dessa vez coberto com mochi tostado.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Zoni – Uma sopa samurai feita com legumes. O zoni costuma ser um prato de Ano Novo.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Mochi tradicionais e especiais

Kagami Mochi [镜饼] – Uma decoração especial do Ano Novo japonês para trazer boa sorte e prosperidade. Ele ganhou esse nome porque kagami é um dos três objetos sagrados do Japão.

Hishimochi – Um doce em forma de losango a ser servido no Hina Matsuri (dia das meninas). Ele possui três camadas de cores, onde a parte vermelha é colorida com flores jasmim, o branco com castanha de água e o verde com artemísia.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Sakuramochi – Eles são aromatizados e coloridos com flores de cerejeira. Eles normalmente são preenchidos com pasta de feijão vermelho e envolto em uma folha de cereja em conserva. Em Osaka, eles são feitos com uma farinha de arroz de grão grosso e tem uma consistência semelhante a um pudim de arroz. Em Tokyo o sakuramochi tem uma textura mais suave.

Mochi - Curiosidades e diferentes variedades

Hanabira Mochi – Significa literalmente Pétala de Flor, são consumidos no dia do Ano Novo e na primeira cerimônia do chá do ano novo em uma tradição iniciada pela família imperial. Ele tem uma forma distinta com branco no exterior e vermelho no interior.

O branco é translúcido para mostrar o rosa abaixo, resultando em uma cor delicada pensado para assemelhar-se a pétala de uma flor de ameixa japonesa. O interior é preenchido com anko.

Você conhecia esses diferentes tipos de mochi? Se gostou deste artigo compartilhe e deixe seus comentários!

Compartilhe Nosso artigo:

2 comentários em “Mochi – Tudo sobre o bolinho pegajosos japonês”

  1. Thank you very mochi rs , muito boa a explicação e adorei , parece delicioso .

  2. Faltou mizumochi passado na farinha de amendoim *-*

Comentários do site