Jardim Japonês – Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

, ,
ESCRITO POR //

Uma das coisas mais belas do Japão são seus jardins tradicionais cheios de elementos que proporcionam uma experiência enriquecedora, pacífica e harmoniosa. Neste artigo vamos falar sobre o Jardim Japonês, seus elementos e os mais populares do Japão.

Provavelmente esse artigo vai ser gigante, então vamos colocar um sumário para ajudar você a navegar no assunto que está interessado em ler:

Sumário do Artigo
- Como é um jardim japonês?
- Os elementos de um jardim japonês
- Os melhores Jardins de Tokyo
- Os melhores jardins de Kansai
- Os melhores jardins e parques espalhados pelo Japão
Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão


Como é um jardim japonês?

Os jardins tradicionais do Japão são chamados de teien [庭園] que também pode significar parque. Muitas vezes um jardim japonês pode ser chamado de parque ou terminar com en [園] ou uma variação. Até porque a maioria dos jardins tradicionais do Japão costuma fazer parte de um parque, templo, palácio, hotel, vila e até ryokan.

É interessante ver que tanto o ideograma niwa [庭] como sono [園] significam jardim ou parque.

Muitos dos jardins tradicionais do Japão foram fundados na era Edo, durante um período de paz que envolvia diversas festas e cerimonias do chá. Esses jardins possui uma grande exclusividade e envolve artes e estéticas do Japão, China e Ocidente.

Os elementos de um Jardim Japonês

Já penso o que difere um jardim japonês de um parque ou jardim ocidental? Existem elementos que indentificam um jardim japonês, esses elementos são:

Água – Todo jardim japonês precisa ao menos ter um lago, rio, poço, cascata ou riacho. A água simboliza o ciclo da vida, nascimento e morte.

Carpas – Não pode ter um lago no jardim japonês sem ter a presença de carpas. As carpas simbolizam sorte, prosperidade e persistência.

Pedras – As pedras complementam os rios e lagos, muitas vezes pedras grandes são encontradas no meio do lago como caminho ou na lateral. Algumas pedras se transformam até mesmo em divindades do xintoísmo.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão 1

Areia e Cascalho – O cascalho costuma ser usado para designar terras sagradas. Também podem ser usados para fazer caminhos que representam a evolução do ser humano ao longo da vida.

Lanternas – As lanternas ou luminárias japonesas não apenas iluminam os jardins durante a noite. Elas causam contraste com os elementos naturais do jardim e também significa os 5 elementos no budismo.

Pontes – Todo jardim japonês precisa de ao menos uma ponte de madeira para relaxar, apreciar as belezas e ver as carpas. As pontes também podem simbolizar a transição do mortal para o sagrado.

Plantas – Todo jardim precisa de plantas, no Japão não pode faltar um bonsai ou uma flor de lótus que é bastante icônica no Japão. Árvores que desabrocham na primavera e ficar vermelhas no outono são um dos grandes destaques do jardim.



OS MELHORES JARDINS JAPONESES DE TOKYO

Tokyo é o principal destino entre os turistas, e mesmo sendo uma cidade tecnológica, você encontra diversos jardins famosos e belos. Alguns são até mesmo gratuitos, outros cobram uma taxa baixíssima para entrar.

Shinjuku Gyoen – Em Shinjuku e Shibuya

O Shinjuku Gyoen na verdade é um parque encomendado pelo Imperador em 1906. Nesse parque você encontra um jardim japonês, um jardim inglês e um jardim francês. Visitando esse parque você mata 3 coelhos com uma cajadada só.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Koishikawa Korakuen – Em Koishikawa, Bunkyo

Esse Jardim Japonês romântico foi feito em 1629 no centro de Tokyo. No Koishikawa Korakuen você encontra flores de cerejeira, flores de ameixa, iris, pinheiros, bambus e arrozais. O jardim tem cerca de 3000 árvores e é considerado o melhor no outono.

Ele fica bem no centro de Tokyo ao lado do Tokyo Dome que é um grande ponto turístico cheio de lojas e um parque de diversões. Eu tive a oportunidade de visitar esse parque, é realmente muito belo no Outono.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Rikugien Garden – Em Bunkyo

Um jardim tradicional fundado em 1695 por ordem do Shogun Tokugawa Tsunayoshi. Este jardim ajudou a produzir 88 poemas clássicos. O Rikugien Gardem oferece muitas plantas sazonais e árvores como Sakura, além de frequentemente estar aberto 2 casas de chá ao publico.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Hamarikyu Garden – Chuo

Hamarikyu é um jardim japonês localizado no centro de Tóquio, que foi fundado por um Shogun no século 17. O jardim é popular por sua localização central e deslumbrantes campos de flores que são ocasionalmente iluminados durante a noite.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Sankeien Garden, Yokohama

Ao lado de Tokyo, você encontra o Jardim Sankeien com um total de 43 hectares no sul de Yokohama. Ele foi construído por um comerciante rico no início do século 20.

O jardim possui edifícios famosos que foram realocados de locais de todo o Japão. É uma chance única de ver diferentes estilos de arquitetura em um único jardim.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Jardim do Palácio Imperial de Tokyo

Existe um grande parque ao lado do Palácio Imperial que abriga as ruínas do Castelo de Edo e vários jardins. Os jardins têm uma grande variedade de árvores que foram doados por cada província do Japão. Existe também um jardim exclusivo que só é aberto ao público uma vez no ano.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

OS MELHORES JARDINS DE KANSAI

A região de Kansai é outro ponto turístico de destaque. Nessa região você pode rapidamente se locomover entre as cidades de Kyoto, Osaka e Nara. Existem alguns jardins nessa região que vale a pena comentar.

Sento Imperial Palace, Kyoto

O Jardim japonês do Palácio Imperial de Kyoto conhecido como “Sento” possui um lago com 2 casas de chá que foi construído para o imperador Go-Mizunoo em 1630. Antigamente neste jardim havia um palácio que foi incendiado em 1854 e nunca mais foi construído. Este Jardim fica junto ao parque do palácio imperial e vem trazendo uma experiência única.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Isuien Garden, Nara

Um jardim de passeio no parque de Nara que usa um cenário emprestado na sua concepção. É considerado um exemplo clássico de shakkei, um método de capturar a natureza viva.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Yoshikien Jardim, Nara

Um jardim no parque de Nara, que já fez parte da residência do sumo sacerdote do templo Kofukuji. O Jardim Yoshikien oferece uma pequena casa de chá, um jardim musgo e uma lagoa. O jardim esta em um local tranquilo em uma área turística que oferece entrada gratuita para os turistas estrangeiros.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Kokedera – O templo dos musgos

Kokedera é o Templo dos Musgos que se localiza em Kyoto, ele possui um jardim com mais de 120 variedades diferentes de musgos. Os visitantes do templo podem caminhar por este espetacular jardim.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Jardim do santuário de Heian

O jardim do santuário de Heian é rodeado por edifícios que recriam parcialmente o Palácio de Heian, a casa do Imperador nos anos de 794 a 1227. O jardim tem espécies raras de tartarugas.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Os melhores Jardins e parques espalhados pelo Japão.

Agora que vemos os melhores jardins de Tokyo e da região de Kyoto, vamos ver alguns jardins e parques famosos espalhados por todo Japão. Caso esteja passando por algum desses lugares, vale a pena visitar.

Kokuei Hitachi – Hitachinaka, Ibaraki

O parque Kokuei Hitachie é um grande parque com colinas cheia de flores. O parque tem dezenas de variedades de flores e plantas projetados de modo que sempre há algo nas estações. Ele também oferece uma série de playgrounds e pequenos jardins temáticos.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Ashikaga Flower Park

Ashikaga Flower Park é um jardim localizado em Ashikaga-Tochigi, conhecido por suas grandes videiras das glicínias que ficam suspensas desde 1870. São mais de 20 hectares com glicínias, azaleias, hortênsias, lírios e muitas outras flores.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Jardim de Kokoen, Himeji

Kokoen Garden é um dos maiores e mais ambiciosos jardins japoneses construído nos últimos 50 anos. É uma coleção de nove jardins no estilo Edo que medem 3,5 hectares e fica próximo Castelo de Himeji. O jardim tem belas cachoeiras e suas águas parecem com um espelho.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Museu de Arte de Adachi

Foio fundado por Adachi Zenko em 1980 como uma maneira de combinar suas paixões pela arte japonesa e os jardins. Ele esperava que visitar jardins e obras de arte juntos iria expandir o apreço e interesse pela arte japonesa. O Museu de Arte Adachi é mais conhecido por seu premiado jardim. Ele já foi nomeado o melhor jardim do Japão em 2003.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Jardim Ritsurin

Ritsurin é um dos mais famosos jardins históricos do Japão. O jardim está situado na cidade de Takamatsu e é considerada uma das suas principais atrações. O jardim contém uma casa de chá, exposições e venda de arte e artesanato. O passeio pelo jardim geralmente leva de uma a duas horas. Há várias pontes, caminhos e pequenas colinas que oferecem uma bela vista para o jardim e para a paisagem circundante.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Kenrokuen, Kanazawa

Kenrokuen é um grande jardim com um sistema de água mais antigo do Japão, que opera utilizando a pressão da água natural. O jardim levou 200 anos para ser concluído. Ele é projetado para mudar de acordo com as estações. E um dos jardins mais atraentes quando está coberto de neve.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Acros Fukuoka

Um edifício em Fukuoka projetado para com 15 andares de jardim suspenso. É possível caminhar pelo jardim de uma plataforma de observação no topo do edifício. O jardim tem 50.000 plantas de 120 espécies. Dentro do prédio é um grande átrio.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Jardim Botânico de Hokudai – Sapporo

Hokudai é a Universidade de Hokkaido, que tem seu próprio jardim botânico no centro da cidade. O jardim botânico da cidade de Sapporofoi fundado em 1886. O jardim possui mais de 4000 espécies de plantas e uma variedade de edifícios históricos. Os jardins também têm estufas e um Museu de História Natural cheias de probabilidades e extremidades que a Universidade de Hokkaido tem recolhido ao longo dos anos.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Parque Ohori, Fukuoka

Um grande parque na cidade de Fukouka projetado de acordo com os princípios de jardinagem chinesa. Sua principal característica é uma grande lagoa que fazia parte do fosso do Castelo de Fukuoka.

Jardim Japonês - Guia sobre os jardins tradicionais do Japão

Espero que tenham gostado do artigo. Se gostou compartilhe e deixe seus comentários. Para finalizar vou deixar alguns vídeos mostrando esses lugares espetaculares:

Compartilhe nas redes sociais:




Comentários do site