Il gigante giapponese rivoluziona il gioco del simulatore di calcio

Annuncio

Durante décadas a rivalidade entre PES e FIFA marcou a indústria dos jogos de simulação de futebol. Porém, estando perdendo mercado a cada temporada que passa, a Konami – uma das maiores empresas japonesas – resolveu revolucionar por completo o modo de jogar. Isso porque, pela primeira em sua história, não será necessário pagar pelo jogo. Aliás, seu nome passou de PES para eFootball, em uma clara demonstração de uma “nova vida” para esse jogo emblemático. 

Já imaginou poder jogar com o time do São Paulo Futebol Clube online, sem ter de pagar por isso? Ora, essa é uma das decisões mais importantes para essa nova versão do jogo do antigo PES. O objetivo é que vários modos de jogo possam ser testados de forma totalmente gratuita. Desse jeito, todos os jogadores poderão experimentar o que de melhor esse novo eFootball poderá entregar. 

Segundo informações recentes, caso queira evoluir para a versão paga desse novo jogo, o custo estará por volta dos 200 reais (muito semelhante ao que irá pagar pelo novo FIFA 22). Porém, um pouco como já acontece com outros grandes jogos, como o Fortnite, não é obrigado a ter que pagar para continuar jogando esse novo jogo, durante toda a temporada. 

Gigante japonesa revoluciona jogo simulador de futebol - img 614c586be850c

Empresa japonesa admite perder muitos de seus clientes

Em uma decisão totalmente inesperada, a própria empresa Konami admitiu, publicamente, a possibilidade de poder perder muitos de seus fãs. Além de ter abdicado do nome PES – nome emblemático para qualquer “gamer” de futebol -, a verdade é que a versão física desse jogo também desapareceu por completo. Somando a isso, vários modos de jogos serão totalmente diferentes.

Annuncio

Com uma inclinação acentuada para torneios de eSports exclusivos, a Konami pretende, com esse novo jogo, conseguir chegar a um público mais vasto, englobando uma grande componente de competitividade e até comunidade. Sabendo perfeitamente o sucesso que seu eterno rival FIFA está tendo nessa indústria de eSports, o eFootball também pretende “atacar” esse mercado com torneios exclusivos e modos de jogo atraente.

No entanto, é importante realçar que, devido às condições de direitos autorais, essa empresa japonesa não consegue apresentar muitos dos grandes times internacionais. Dessa feita, terá que jogar com times que acabam imitando os reais. Sem dúvida que também essa vertente deverá ser considerada, antes de decidir experimentar esse novo jogo da Konami.

O que fez o PES perder para o FIFA, da EA Sports?

Se recuarmos apenas 10 anos, a verdade é que a rivalidade entre PES e FIFA era gigante. Ao ponto de, durante muito tempo, não se saber ao certo qual seria o líder do mercado para os simuladores de jogos de futebol. Porém, devido a uma rápida transição para seus modos online, a verdade é que o FIFA, há já alguns anos, se conseguiu destacar por completo. De tal modo que a Konami se sentiu “obrigada” a fazer algo, como forma de combater esse total domínio. 

De salientar que o FIFA revolucionou o jeito de se jogar online contra pessoas de todo o mundo. Por algum motivo, o PES nunca conseguiu acompanhar, apresentando modos de jogo que não estavam ao nível do que seu rival estava apresentando. O resultado é que cada vez mais jogadores de PES estavam migrando para o FIFA, uma vez que os menus e modos de jogo desse último eram bastante superiores.

Portanto, restará agora aguardar para entender como esse novo eFootball poderá trazer algo de novo para uma comunidade que está muito voltada para o FIFA. Contudo, é importante notar que o jogo do FIFA está longe de não receber duras críticas por parte dos jogadores. Logo, poderá existir sim uma réstia de esperança de Konami conseguir recuperar alguns de seus jogadores, ao fim de tantos anos.

Annuncio