जापानी दर्शन: मुख्य दर्शन की खोज करें और देखें कि अपने जीवन में कैसे अपनाएं

एनीमे के साथ जापानी सीखें, अधिक जानने के लिए क्लिक करें!

घोषणा

A cultura japonesa é extremamente rica, compreendendo uma filosofia milenar, responsável pela qualidade de vida, sabedoria e inovação, e com a qual o mundo ocidental tem muito o que aprender.

As ações e visões de mundo de um povo, são ditadas por uma série de fatores e princípios, e os japoneses se destacam do restante do globo por diversas características únicas. A própria disciplina, empenho e inteligência, são reflexos desses fatores.

Ademais, é a cultura do Japão que permite seus constantes avanços tecnológicos, resultados de  uma sociedade que realmente valoriza a educação e a busca constante por conhecimento. 

घोषणा

E grande parte dos recursos técnicos aos quais temos acesso e que facilitam nosso dia a dia, são desenvolvidos lá, com soluções inovadoras em todo o processo produtivo.

Existe foco e diligência para encontrar melhores opções, principalmente no setor industrial, ou seja, eles se preocupam com a qualidade e eficiência de todos os fatores, desde peças básicas, como um sensor indutivo, assim como maquinário, equipe, até o produto final.

Aliás, os produtos japoneses costumam trazer diversas funcionalidades e soluções criativas, para as mais variadas situações do dia a dia, e muitos produtos só existem por lá. 

घोषणा

Entenda um pouco sobre a história desse povo

Em uma rápida contextualização histórica, a cultura nipônica se constituiu por diversas contribuições étnicas, pois foi alvo de várias ondas de migração que ocorreram internamente no continente asiático.

Durante muito tempo, o país se manteve isolado e resistente à cultura estrangeira, principalmente a europeia, que era imposta em todo o mundo no movimento expansionista das grandes navegações, e mais tarde a norte-americana.

Mesmo após o fim da Segunda Guerra, quando abaixaram as barreiras e passaram a aceitar produtos e influências de países de outros continentes, os costumes e tradições permaneceram. Agora, despertam curiosidade, interesse e admiração em todo o mundo.

घोषणा

Nesse ponto já nos trazem um grande ensinamento em relação à forma com que vivem cercados de tecnologia e, ainda assim, dão um gigantesco valor às tradições antigas, principalmente relacionadas à saúde e manutenção da vitalidade.

Entre suas gigantescas construções de mega-organizações, arranhas-céus de vidros refletivos e a correria diária, mantêm-se com total zelo os antigos templos e jardins exuberantes.

Podemos atribuir isso a um ponto específico muito típico desse povo: o respeito e interesse pela ancestralidade, de forma que os idosos, suas histórias, experiências e autoridade são muito valorizados pelos mais jovens. 

घोषणा

Ilustrando essa afirmação, uma prática é o kintsugi, uma tradição de reparar objetos e utensílios de cerâmica quebrados utilizando uma cola feita com ouro em pó. 

A filosofia que existe por trás disso remete à valorização das falhas, da história de uso de um objeto. Assim, a cada reparo, ele se torna mais valioso. 

Muitas das práticas típicas do Japão estão construídas da mesma forma com que o kintsugi, em que suas tradições de como lidar com o mundo externo são importantes lições sobre a compreensão e desenvolvimento de nosso posicionamento interno.

Nesse caso, ao utilizar um material valioso como o ouro para fazer reparos nas louças de suas casas, os japoneses aprendem a abraçar suas falhas, entendendo que o que mais valoriza algo ou alguém, é sua história. 

Da mesma forma, a longevidade dos japoneses está intimamente ligada aos seus costumes, hábitos alimentares e estilo de vida, que inclui práticas meditativas e filosofias como o kintsugi, que os fazem interpretar muitas situações por outros pontos de vista.

E é exatamente sobre essa percepção de mundo que falaremos nesse artigo: traremos aqui algumas filosofias intrínsecas da cultura japonesa, base de seus princípios, valores morais e éticos, comportamento e estilo de vida. 

Significado de kawaii – cultura da fofura no japão

Conheça filosofias japonesas para uma vida mais plena

Existe uma grande amplitude sobre as filosofias nipônicas, que englobam muitos termos e conceitos sem uma tradução literal para o nosso idioma. 

Como comentamos, uma premissa básica que permeia a cultura, de forma geral, é o aprendizado, ou seja, a consciência sobre o fato que estamos em um processo constante e que há sempre algo a mais para ser aprendido, filosofia conhecida como काइज़ेन.

घोषणा

Ou seja, ao estudar um tema como isolamento acústico estúdio, estão sempre cientes de que ainda há mais conhecimentos e descobertas a serem feitas, e que suas próprias experiências práticas são grandes professoras. Entendido isso, vamos à nossa lista:

1 – Eiyoushoku, o cuidado com o corpo

O intestino é um órgão humano que conta com mais de 500 milhões de neurônios, sendo chamado pela Ciência Moderna de “segundo cérebro”.

Mas o fato é que os japoneses têm essa visão há alguns milhares de anos, de forma que a filosofia Eiyoushoku se relaciona à consciência sobre a nutrição do corpo, e a importância de uma alimentação saudável.

Não é por acaso que o Japão possui a menor taxa de obesidade em todo o mundo, com uma alimentação altamente nutritiva e que garante a boa saúde e longevidade. 

Assim, a instalação dos grandes tanques industriais para a indústria de alimentos processados e fast foods, é algo relativamente recente no país, principalmente se compararmos ao restante do mundo.

घोषणा

Como comentamos, devido a uma série de questões políticas, o país se manteve resistente à influência norte-americana.

A culinária japonesa é marcada por alimentos frescos e um grande destaque para os vegetais. Muitos produtos tidos como remédios naturais são bases de sua cozinha, por exemplo: 

  • Chá-verde;
  • Gengibre;
  • Açafrão;
  • Algas marinhas.

Essa filosofia também se relaciona às práticas de atividades físicas e meditativas regularmente, pois manter corpo e mente ativos, está subentendido.

2 – Kiotsukete, ser sua própria prioridade

Kiotsukete अगर refere ao amor próprio, à valorização de si e de suas necessidades, à confiança no ‘eu’ e nos seus instintos, sem um preceito egoísta, mas pelo entendimento de que é necessário estar bem para fazer o bem.

Está intimamente ligado ao conceito anterior, do autocuidado, em se concentrar e priorizar aquilo que faz bem a sua vida, no tempo para descansar e da necessidade de cortar pessoas negativas, outra importante filosofia, o Yuimaru.

घोषणा

3 – Yuimaru, cuide de quem se mantém em sua vida

Em analogia a um bom filtro de areia utilizado para purificar a água, essa filosofia fala sobre filtrar os relacionamentos, de forma a manter uma conexão com pessoas positivas, que trazem felicidade ao indivíduo, e zelar por essas relações.

É sobre conhecer realmente seus amigos e permitir que eles também te conheçam, sem medo de ser vulnerável em seu círculo próximo. Busque aqueles que te fazem bem, mantenha o contato apesar da distância, afinal a tecnologia existe para isso. 

4 – Osettai, sobre ser contribuição

Essa Filosofia se relaciona com a amabilidade e disponibilidade para ser útil ao ambiente e às pessoas com quem se convive. 

Fala de compartilhamento de conhecimento e necessidade de ser contribuição para a comunidade. Parte do princípio que temos sempre algo a ser compartilhado, independentemente de sua posição ou cargo. 

Aquele conhecimento técnico sobre dissipadores de calor que você pode dividir com o colega, um “bom dia”, um belo sorriso, ou mesmo reconhecer o outro em suas potências fazendo elogios sinceros, tudo isso faz parte do conceito do Osettai.

घोषणा

5 – Ganbatte तथा काइज़ेन, sempre fazer o melhor

Essas duas filosofias são intimamente complementares, pois enquanto Ganbatte fala da importância de se esforçar para fazer o melhor dentro de seu alcance, काइज़ेन trata da humildade em reconhecer ser sempre possível melhorar, como já mencionamos.

Por exemplo, ao trabalhar com a personalização de etiqueta patrimonio, você deve se esforçar para fazer suas tarefas da melhor forma possível, o que envolve tempo, dedicação, paciência e concentração. 

Havendo ainda a necessidade de constante aperfeiçoamento, e busca por novas técnicas, opções de materiais ou maquinário, por exemplo. Isso se aplica a todas as atividades da vida de um indivíduo, das mais simples às mais complexas.

6 – Kansha, o cultivo da gratidão

A gratidão, o reconhecimento e o valor pessoal, são pontos muito importantes para os japoneses, e sem relação com presentes caros. Mostrar satisfação sincera, uma palavra, um bilhete ou um sorriso podem valer muito mais, e eles sabem disso.

Kansha अगर refere ao cultivo do sentimento de gratidão, com muita sinceridade, tanto em relação aos outros quanto a si mesmo e ao universo. Trata-se de fazer aquilo em que se acredita, ajudar os outros e permitir ser ajudado. 

Conheça os valores culturais japoneses
NeuPaddy / Pixabay

अंतिम विचार

Existem ainda muitos outros conceitos e filosofias que trazem aprendizados ricos e transformadores, principalmente nos dias atuais de pressão social, individualismo, instantaneidade e ciclos passageiros.

São questões filosóficas extremamente complexas, mas com um emprego muito simples no modo de vida e rotina de qualquer pessoa.

Se você é um empreendedor visionário, ao ler esse texto, percebeu que, além de extremamente úteis para o seu dia a dia, nos relacionamentos interpessoais, com família e amigos, as filosofias orientais também podem ser empregadas na realidade empresarial.

Aliás, em um exemplo mais prático, o gestor de uma empresa de topografia, ao levar esses conhecimentos e filosofias para a realidade de seu negócio, certamente verá mudanças rápidas, tanto em sua saúde e qualidade de vida, quanto na de seu negócio.

यह पाठ मूल रूप से ब्लॉग टीम द्वारा विकसित किया गया था निवेश गाइड, जहां आप विभिन्न खंडों पर सैकड़ों सूचनात्मक सामग्री पा सकते हैं।