25 curiosidades sobre as escolas japonesas de causar inveja

, ,
Post by //

[Total: 2 Nota: 5]


Os japoneses são famosos pela sua cultura, educação, honestidade, segurança, tecnologia e inteligência. Grande parte disso é resultado de uma boa educação nas escolas japonesas. O sistema educacional japonês é bastante diferenciado e único. Pensando nisso, neste artigo vamos ver 25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja!

Como qualquer país, o sistema educacional japonês possui suas falhas. Mesmo assim, o Japão sempre disputa as primeiras posições do ranking de educação contra a Finlândia, Suécia e Coreia do Sul. Existem milhares de curiosidades sobre a educação japonesa, mas neste artigo vamos focar apenas em coisas boas de causar inveja.

25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja


Curiosidades sobre o ano letivo no Japão

1 – O ano escolar começa em 1ª Abril. No dia da mentira os japoneses começam a estudar, onde eles costumam ser recebidos com uma cerimônia de entrada chamada de nyuugakushiki. Essa é a época mais bonita para se estudar, porque as cerejeiras estão florescendo e desabrochando. Existe também cerimonia de encerramento.

2 – O ano acadêmico dos japoneses possuem 3 trimestres e férias. No final de dezembro até janeiro os japoneses possuem duas semanas de férias. No fim de março até abril mais duas semanas de férias e durante julho e agosto possuem as férias de verão que podem chegar a 40 dias. Isso sem contar os feriados e a Golden Week.

25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja

3 – Existem eventos e festivais escolares durante o ano. As escolas japonesas possuem seu festival onde o colégio fica aberto para todos e os alunos preparam um tipo de feira e espetáculos para os visitantes. Existem também eventos chamados undokai onde os alunos competem entre si, além de outros campeonatos esportivos e teatros.

4 – Excursões e Acampamentos Escolares. É comum as escolas organizarem excursões, piqueniques, acampamentos e até mesmo viagens internacionais com os alunos. Algumas excursões podem ser simples até um castelo ou parque, outras podem ser no meio da montanha com hospedagem de vários dias.

25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja


Curiosidades sobre as aulas japonesas

5 – Provas não são a prioridade, sem notas e reprovação. Durante as escolas primárias, os alunos não recebem um boletim com notas, eles recebem uma tabela de avisos chamada de tsuuchihyou. Nessa tabela você encontra várias informações sobre o desempenho do aluno. Durante o ano eles são ensinados a ter educação e boas maneiras. Não existe reprovação, caso o aluno tenha um péssimo desempenho, ele fica de recuperação.

6 – Existem clubes e atividades extra-curriculares. Os alunos são obrigados a escolher uma matéria extra-curricular em algum clube que são administrados pelos próprios alunos dentro das escolas. Esses clubes incluem atividades como esportes, música, arte, cultura, culinária, informática e qualquer ideia criativa com autorização da escola.

25 curiosidades sobre as escolas japonesas de causar inveja

7 – Uma única prova determina o futuro dos estudantes japoneses. Ao entrar no ensino médio, os estudantes precisam fazer testes para determinar em qual escola vão estudar, ao ir para faculdade eles precisam fazer a mesma coisa. Alguns chegam a passar o terceiro ano inteiro se preparando para essa prova do vestibular.

8 – Duração das aulas e intervalos. Cada aula tem em média 45 a 50 minutos, dentre elas há um pequeno intervalo. Existem aulas de estudo individual, em que os alunos têm a liberdade de estudarem sozinhos. Os alunos costumam estudar sempre na mesma sala.

25 curiosidades sobre as escolas japonesas de causar inveja

9 – Em torno de abril e maio, os professores visitam as casas dos alunos. O objetivo é conhecer os pais, ambiente familiar e verificar possíveis problemas que os alunos enfrentam fora da escola. Os pais também costumam visitar seus filhos na escola algumas vezes no ano.

Curiosidades sobre os alunos nas escolas japonesas

10 – As crianças vão sozinhas para escola aos 6 anos de idade. Além da segurança que o país oferece, essa é uma maneira das crianças ganharem responsabilidade e tornarem independentes.  Elas costumam ir em grupos, com um capacete amarelo para se identificar e algumas ruas costumam ficar proibidas de passar carro nesses horários.

25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja

11 – No fundamental eles usam uma mochila padrão, chamada Randoseru. As crianças usam essa linda e poderosa mochila durante seus primeiros anos de escola. Elas são caras e cosutmam até mesmo ser deixadas de geração em geração. São bem resistentes, práticas e elegantes.

12 – Os alunos são responsáveis pela limpeza da escola. Os alunos fazem as tarefas de limpeza, alguns servem até mesmo as refeições e limpam a área externa da escola ou até do bairro.

25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja

13 – O uniforme é obrigatório na maioria das escolas. Cada escola possui seu uniforme de uso obrigatório, eles costumam ser do estilo marinheiro. Existem uniformes de inverno, verão, ginastica e natação.

14 – As refeições são servidas em sala ou trazidas de casa. Tudo depende da escola e do ano letivo, é comum ter um refeitório no ensino médio, mas em outros anos os alunos lancham dentro da própria sala. Os pais costumam preparar obentos (marmitas) com um toque artístico para seus filhos.

25 curiosidades sobre as escolas japonesas de causar inveja

15 – Os alunos cumprimentam seus professores formalmente. No começo e no final das aulas, um aluno responsável diz kiritsu e faz com que os outros alunos se levantem e curvem-se diante do professor como sinal de respeito.

Outras curiosidades sobre a educação japonesa

  • 16 – A educação nas escolas primárias e secundárias é gratuita. A educação nas escolas secundárias e nas universidades é sempre paga, até mesmo as públicas.
  • 17 – Todas as escolas japonesas possuem armários para colocar sapatos e entrar com calçados apropriados no local.
  • 18 – As principais matérias nas escolas japonesas são: Matemática, Estudo de línguas, Ciências Sociais, Artesanato, Música e Educação Física.
  • 19 – O ensino obrigatório no Japão é de 9 anos, apesar do ensino médio não ser obrigatório, mais de 70% dos alunos finalizam a faculdade.
  • 20 – O sistema de ensino japonês valoriza muito a higiene, a pontualidade, a cooperação e o trabalho em grupo.

25 curiosidades sobre a educação japonesa de causar inveja
  • 21 – Os alunos recebem lição de casa durante as férias.
  • 22 – Alguns alunos vão e escola até mesmo durante os fins de semana para participar das atividades do clube;
  • 23 – Em todas as escolas, existe um especialista em nutrição encarregado da alimentação e da dieta dos estudantes.
  • 24 – Em uma universidade estudantes são livres para escolher qualquer assunto que gostem. A faculdade é considerada a melhor época da vida de alguns.
  • 25 –Além das matérias tradicionais, os estudantes japoneses precisam aprender alguma coisa tradicional como caligrafia japonesa e a poesia.


Obrigado por ler e compartilhar o artigo. As curiosidades ainda não acabaram, existem outros artigos sobre o sistema educacional japonês que vai te apresentar diversas outras curiosidades. Recomendamos ler abaixo:

Por Favor! Compartilhe Nosso artigo:

2 comentários sobre “25 curiosidades sobre as escolas japonesas de causar inveja

  1. A educação no Brasil é realmente ruim e quando vc compara com esse sistema inacreditável do Japão fica parecendo ainda pior kkkk

Comentários do site