Conheça Ume, a ameixa japonesa e suas variações

Ume [梅] é um nome japonês para Prunus mume, uma espécie de ameixa asiática da família Rosaceae. A árvore é pertencente a Ásia Oriental e do Sudoeste Asiático que também são conhecidas como ameixa chinesa, ameixa japonesa ou damasco japonês.

A flor de ameixa é bem comum ser vista em pinturas e em citações poéticas. Além disso, possui uma variedade de formas de preparo como bebidas, condimentos para álcool, molhos e até para a medicina tradicional. O consumo da ameixa dessas formas são mais comuns no Japão, China, Coreia do Sul e Vietnã.

A árvore que produz o fruto se originou no sul da China, mais especificamente no rio Yangtze e depois inserido em mais lugares. A floração da árvore no final do inverno e início da primavera é considerada um símbolo sazonal. Ela pode ser encontrada em florestas mais afastadas, as margens de riachos, encostas florestadas ao longo de trilhas e montanhas. Geralmente nas altitudes que comumente variam de 1.700–3.100 metros e regiões de cultivo.

O Ume começa a florescer no meio do inverno, normalmente em torno de janeiro até o final de fevereiro no Leste Asiático e seu tamanho pode medir de 4 a 10 metros, com flores bem perfumadas e cores que variam entre tons de branco, rosa e vermelho.  Já a fruta é no início do verão (entre os meses de junho e julho). vários tons de branco, rosa e vermelho. 

Ume - conheça ume, a ameixa japonesa e suas variações
Cultivo de ameixeira-brava

Curiosidades da Ume

A ameixa japonesa tem o nome científico de prūnus e pode ser chama de Ume ou Mume. Outro nome alternativo é mei. No Japão, as cultivares ornamentais de Prunus mume são classificadas em tipos: yabai (selvagem), hibai (vermelho) e bungo ( província de Bungo ).  As variedades de yabai, a Nankoume tem suas frutas usadas para fazer umeboshi (Ameixa Japonesa em conserva).

É comum no Japão e na China a árvore de Ume ser plantada no jardim das casas, pois segundo superstições ela significa sorte e espanta os espíritos maus. O Ume também é benéfico para a saúde por possuir vitamina C, cálcio, potássio, fibras dietéticas, e é pobre em gordura e calorias.

A partir do Ume se faz o Umeboshi (ameixa fermentada) e uma bebida com teor alcóolico chamada de Umeshu. E existe também a ‘crendice’ de que comer o Umeboshi no café da manhã fará com que a má sorte e os infortúnios sejam afastados.

Já para fins medicinais, principalmente na China, é eficaz para tratar bactérias que causam doenças bucais, como cáries e também problemas gastrointestinais como gastrite e úlceras gástricas.

A Prefeitura de Wakayama é conhecida no Japão por conta da quantidade e qualidade dos ume e umeboshi. A cidade de Minabe é a mais produtiva com relação a fruta.

Ume - conheça ume, a ameixa japonesa e suas variações

Umeboshi: a ameixa salgada

O Umeboshi é uma ameixa em conserva com um sabor ácido e salgado. Também existem doces feitos a partir dessa variação da fruta feitos com mel e servidos como acompanhamento em arroz, bolinhos de arroz e não é feita a retirada do caroço.

O Umeboshi é redondo podendo ser liso ou enrugado como uvas passa. O Ume é colhido assim que amadurece e embalado em barris com 20% de sal por peso do fruto e fica por duas semanas. O liquído que sai é comercializado como umezu ou vinagre de ume. Também é usado para um remédio japonês muito comum para sintomas gripais junto com okayu.

Ameixa - conheça ume, a ameixa japonesa e suas variações

O Umeboshi é usado desde a época dos samurais para combater a fadiga após batalhas devido ao teor de sal e ácido cítrico dentre outros fatores. Ele tem o uso comum para compor pratos culinários para sabor apresentação. E além disso pode ser servido com a bebida chamada de shochu e água quente.

Nos Estados Unidos e na Austrália, a fruta é conserva é consumida na hora do lanche. No Japão comer umeboshi corresponde à expressão inglesa “an apple a day”. Lojas de doces infantis às vezes tem a opção de ume karikari, ou ume em conserva crocante e pré-embalado, e umeboshi seco.

Umeshu: a bebida da ameixa japonesa

A Umeshu é a bebida feita da Ume e para o uso geralmente a ameixa ainda verde é a melhor 0pção. É adicionado açúcar e álcool de arroz (shochu). A época de produção acontece nos meses de junho do Japão.

A bebida era consumida como medicina para o tratamento de dores de garganta. Mas, agora se tornou uma bebida alcóolica popular e os japoneses costumavam fazer em casa.

Ameixa - conheça ume, a ameixa japonesa e suas variações

Receita

Ingredientes

  • 1kg de ume;
  • Meio quilo de açúcar;
  • 2 litros de sgochu;za
  • Água filtrada;

Modo de fazer

Deixe o ume de molho em água filtrada de oito a doze horas para tirar o gosto amargo da fruta. Em seguida descarte a água e lave as ameixas com água corrente. Coloque o ume verde em uma jarra com o açúcar (de preferência em pedra) com o shochu.

Se optar pelo açúcar granulado, recomenda-se agitar a jarra uma vez ao dia. Se preferir pode usar açúcar mascavo no estilo kokuto. O recipiente deve ser bem fechado e descansar em local escuro por no mínimo seis meses. Mas, o tempo ideal de espera é um ano.

A mistura pode ser feita com qualquer bebida alcoólica. No entanto, o shochu é o mais utilizado e indicado. O umeshu pode ser consumido com pedras de gelo, puro, com água (mizuwari), com chá verde (ochawari), com água quente (oyuwari), com soda ou tônica.

Já experimentou ou tem vontade de conhecer a ameixa japonesa?

Compartilhe Este Artigo:


Deixe um comentário