Cassinos e Poker: como o Japão e o Brasil veem esses mercados?

, ESCRITO POR

Inscreva-se para baixar nossos livros e receber contéudo exclusivo

[ATENÇÃO] Quer aprender Japonês? Clique e conheça o Clube Nihongo Kakumei!

Compartilhe com seus Amigos!

A legalização dos cassinos no Japão é um tema antigo, mas que tem ganhado novos capítulos nos últimos anos. Desde 2016 o país tem avançado com grande força na tentativa de tornar esses estabelecimentos legais em todo o território nipônico. Embora, claro, com grandes restrições e com limitações a boa parte da população japonesa.

Esse tema é importante atualmente por vários motivos. O primeiro deles é que em 2020 temos Olimpíadas no Japão! E você pode estar pensando, como turista, talvez, em apostar enquanto está em território japonês desfrutando dos esportes. Se esse é seu pensamento, calma: vamos lhe explicar por que precisa ter cuidado.

Por outro lado, em 2020 o Brasil vai regulamentar apostas esportivas. E com isso vão entrar ​casas de apostas no Brasil que oferecem apostas em esportes, mas também jogos de cassino e também Poker. Mas será que isso é legal por aqui?

Por isso no artigo de hoje vamos entender as semelhanças e as diferenças nas formas como Japão e Brasil lidam com os temas do cassino e do Poker!

Cassinos no japão: um tema difícil

Há dois anos o governo de coalizão do Primeiro-Ministro Shinzo Abe concordou inteiramente com o texto final da Lei conhecida como Lei de Implementação do Resort Integrado. Foi esse passo que permitiu o maior avanço nessa complexa temática.

O texto, contudo, aponta para a legalização apenas em espaços específicos para isso, voltados mais para o turismo e não para os habitantes gerais do país. Os

chamados IRs ou Resorts Integrados, em português, seriam espaços dedicados, que abrangem hotéis, salas de conferência e locais para eventos.

De acordo com a ​Asia Gaming Brief, espera-se que até junho de 2020 esses resorts sejam de fato regulamentados. O que teria um enorme impacto no turismo japonês e que auxiliaria a divulgar a cultura do país para para fora do continente asiático.

Cassinos e Poker: como o Japão e o Brasil veem esses mercados? - pachinko1 1

Mesmo proibidas, apostas são uma paixão dos japoneses

O Japão, assim como o Brasil, tem suas loterias, controladas pelo Governo e que são destinadas à população geral. Os japoneses são apaixonados por raspadinhas e por bilhetes, comprados nas prefeituras ou nas chamadas ​kombinis​, que são lojas de conveniência.

Além delas, temos as ​pachinkos,​ que são máquinas no estilo caça-níquel. Elas são bastante populares entre os japoneses e têm ganhado cada vez mais adeptos agora que os cassinos estão prestes a serem ​legalizados​.

Outros tipos de apostas permitidos no Japão são:

  • ●  Keiba:​ corridas de cavalo;
  • ●  Keirin:​ corridas de bicicleta
  • ●  Kyotei:​ corridas barco
  • ●  Oto reesu: ​corridas de motoMas e o Poker? O Poker está na mesma classificação dos cassinos no Japão, ou seja: como jogo de azar. A diferença é que inicialmente ele não estava previsto para ser regulamentado junto dos resorts integrados.

Isso porque o Poker tem um ​status ​mais “obscuro” no país. A mesma agência, a Asia Gaming Brief, aponta que o jogo de cartas teria um espaço isolado de jogos como Blackjack, Roleta e Slot Machines.

Além disso, as regras seriam completamente diferentes, embora fossem criadas pelo mesmo conselho que comandará os cassinos no país, o Conselho de Administração dos Cassinos.

Cassinos e Poker: como o Japão e o Brasil veem esses mercados? - cassino 1524935221 e1524935240332 2

Poker no Brasil não é legal, mas também não é proibido

O Poker é hoje um dos jogos de cartas mais populares entre os brasileiros. Sua popularidade cresceu com o surgimento de diversos sites dedicados a esse carteado.

Isso pode parecer um pouco controverso para muitas pessoas. Afinal, jogar Poker não é proibido e ilegal no Brasil? E é aqui que diversos brasileiros se surpreendem: não, o Poker é, na verdade, permitido em território brasileiro, ao contrário do Japão.

Algo que poucos sabem é que esse carteado está em uma espécie de “limbo legislativo no Brasil”. Ou seja: ele não é proibido, mas também não é legalizado. O que, aos olhos da Lei, configura o Poker como uma atividade “tolerada”.

Essa tolerância, contudo, não é vista por toda a sociedade. Existem diversas confusões em relação ao jogo, e a principal delas é relacionar o Poker aos cassinos, aos bingos e ao jogo do bicho.

Cassinos e Poker: como o Japão e o Brasil veem esses mercados? - poker japao 3

Poker não é jogo de azar

Em primeiro lugar precisamos falar da legalidade do Poker e salientar que ele não pode ser classificado da mesma forma que os cassinos ou os bingos. Esses são jogos de azar. O Poker não.

Cabe aqui esclarecermos, portanto, o que é um jogo de azar. E basicamente é todo aquele jogo em que se aposta dinheiro e que os ganhos estão dependentes da sorte do indivíduo.

Nesse caso é fácil perceber como um jogo como a Roleta de um cassino ou como uma máquina caça-níquel se encaixam perfeitamente nessa definição. Da mesma forma que o bingo.

Mas quanto ao Poker? No Poker, conforme demonstram algumas ​pesquisas​, 99% do sucesso do jogador vai depender da sua habilidade. A sorte tem um papel muito pequeno e quase irrelevante.

Os estudos apontam que esse jogo de carteado conta com fatores bem específicos e que definem se um jogador vencerá ou não uma partida, tais como:

  • ●  Dominar e conhecer profundamente o regramento
  • ●  Como está a posição de cada jogador na mesa de jogo
  • ●  Ter controle total sobre o emocional
  • ●  Interpretar as jogadas dos adversários
  • ●  Saber retirar as fichas
  • ●  Blefar bemSe você acompanhar uma partida profissional de Poker vai reparar que existem alguns padrões nos jogadores. Os melhores jamais revelam suas cartas e deixam que os oponentes percam o controle emocional.

Algumas pesquisas com rigor científico, inclusive, já provaram que em muitos casos as melhores mãos não ganham. Justamente porque os jogadores não confiam em suas jogadas ou entregam suas estratégias.

A partir disso podemos esclarecer um dos maiores mitos do Poker no Brasil: ele não é jogo de azar, mas sim uma atividade técnica.

Cassinos e Poker: como o Japão e o Brasil veem esses mercados? - cartas baralho poker 4

Poker virou esporte e ganha respeito

Apesar do preconceito, o Poker ganhou o ​status ​de esporte em 2012, pelo Ministério do Esporte. Ele foi reconhecido da mesma forma pelo Ministério Público e pela Polícia Federal.

Já há, inclusive, uma confederação do jogo no Brasil, a chamada Confederação Brasileira de Texas Hold’ Em, que oferece alguns dos maiores campeonatos da América da Latina.

Apesar de tudo isso, a caminhada do Poker em direção à obtenção de respeito e reconhecimento ainda é longa. Em um momento em que o Brasil se volta para o mercado de apostas, é possível que esse nicho seja um dos próximos a ganhar uma regulamentação.

Não podemos deixar de mencionar que há diversas casas de apostas legalizadas internacionalmente famosas que exploram legalmente o Poker online. Algo que certamente pode contribuir para que tanto a sociedade brasileira quanto a japonesa olhem para esse tipo de jogo com outros olhos.

Por isso se você é um jogador de Poker ou gosta de frequentar cassinos online no Brasil, esteja atento para quando for visitar o Japão. Lá as leis são diferentes das brasileiras, e você pode acabar se complicando com uma multa bem pesada se for pego apostando de forma ilícita.

Compartilhe com seus Amigos!

Comentários do site