8 Aplicativos de Relacionamento Populares no Japão

Como já é de se saber os japoneses tem uma enorme dificuldade de se relacionar uns com os outros, em especial se tratando de namoros. Por isso aqui vai alguns aplicativos de namoro a distância que beneficiaram muito os japoneses nesse quesito. Então vamos ao tops!!

1 – OMIAI

Este aplicativo de Relacionamentos é então o mais acessado e conhecido pelos japoneses. E para se obter o OMIAI e o usar, deve se ter uma conta no FACEBOOK.

Em sua descrição está como sendo um aplicativo para relacionamento/casamento, ou seja, para aqueles que não ainda encontraram seu parceiro, ele possa conhecer mais pessoas e possa por meio dele fazer ter namoro serio.

Para se achar um encontro, neste aplicativo contem 24 filtros disponíveis para o usuário fazer a seleção. Assim, possível ao usuário selecionar tanto por nacionalidade, até por renda!

Assim, aqueles que tiverem habilidade com o japonês, estiverem no país e em busca de um relacionamento sério, este aplicativo pode ser uma opção.

- aplicativos de relacionamento populares no japão
Aplicativos de relacionamento populares no japão

2 – TAPLLE

O Taplle é um aplicativo de Relacionamento muito bem usado pelos Japoneses. Nele os usuários devem preencher o que está procurando, ou seja, quais as qualificações que espera na pessoa que se interessar para namorar.

Este aplicativo embora seja um aplicativo muito usado no Japão, sua maior plateia está na faixa de jovens de 20 anos de idade. Perfeito para aqueles que procuram namorar uma japonesa.

Nesse aplicativo como os demais há nele pessoas que querem apenas um namoro a curtir, tendo assim muitos relatos de no momento de ir aos encontros presencialmente elas acabam não indo.

3 – TINDER

Este aplicativo é muito famoso no mundo inteiro, em diversos países se é usado ele para aquelas pessoas que buscam um relacionamento, e assim como nos demais países ele também é muito conhecido no Japão.

E além de esse aplicativo permitir que você conheça pessoas de seu pais, o usuário com sua versão paga do aplicativo permite que ele possa conhecer alguém mesmo que seja até do outro lado do planeta. Portanto, se você estiver em busca de um romance a distância ou tiver quaisquer projeções de ir para o Japão em breve, o Tinder poderá te servir de ajuda.

- aplicativos de relacionamento populares no japão
Aplicativos de relacionamento populares no japão

4 – ZEXY KOIMUSUBI

Assim como o aplicativo OMIAI o ZEXY KOIMUSUBI para se ter acesso a ele e usar da maneira que deseja é necessário que se tenha uma conta FACEBOOK e assim achar aquele parceiro ideal e perto de você.

Uma de suas principais características muito interessante é que esse aplicativo foi criado por uma empresa de casamentos. Porem o aplicativo não tem como pretensão de fazer as pessoas se casarem, mas sim tendo o objetivo dessas poderem se conhecer.

Curiosamente, apesar de o ZEXY KOIMUSUBI não ser voltado para o casamento, ele é um aplicativo muito conhecido pelo seu sucesso nos namoros e posteriores casamentos.

5 – MATCHALARM

Este aplicativo não está aqui pelo seu sucesso, mas sim pelos seus funcionamentos. Com o decorrer dos tempos esse aplicativo acabou sendo infelizmente descontinuado. Porém, o que mais chama a sua atenção é o seu funcionamento.

Este aplicativo estava disponível apenas no idioma em japonês. E em um Horário específico todos os dias às 8 horas da manhã ele enviava uma mensagem (alarme) para o usuário avisando sobre alguém que ele recomendava.

Também como era feito nos demais aplicativos o MATCHALARM também se coletava suas informações do aplicativo FACEBOOK para tentar achar pessoas mais perto de você e de seus gostos com relação a mulheres e homens.

E após o alarme ser tocado, era preciso responder o toque em até 16 horas. Caso essa pessoa não o respondesse, ele desconsiderava quem o tinha recomendado.

- aplicativos de relacionamento populares no japão
Aplicativos de relacionamento populares no japão

6 – PAIRS

O PAIRS é conhecido por ser um aplicativo muito bem seguro, o aplicativo também usa o Facebook como fonte para configurar o perfil do seguinte usuário. O aplicativo acabou se tornando uma escolha bem popular entre aquelas pessoas que procuram compromissos a longo prazo. E na grande maioria das pessoas neste aplicativo parece real e sincera, mostrando procurar por um relacionamento e amor sérios.

O design e a estética do aplicativo agradam principalmente às mulheres que desejam namorar on-line – algo que não é tão comum entre os aplicativos japoneses.

Como é feito no Taplle, o seu serviço é totalmente gratuito para aqueles membros do sexo feminino. Já aqueles membros masculinos podem criar seu perfil gratuitamente, porem eles devem se submeter a uma taxa mensal para enviar mensagens as garotas de seus interesses. Este aplicativo está inteiramente oficializado na língua japonesa.

7 – BUMBLE

Também um aplicativo de namoro como os outros demais aplicativos anteriormente. Porém, esse aplicativo tem o seu diferenciado, ele se obtém três opções como a de querer apenas um relacionamento, apenas amizade para aqueles que gostam de conhecer novas pessoas e a opção escolher os dois modos.

Também nesse aplicativo, pode-se entrar em contato com pessoas diferentes ao redor do mundo, traduzindo assim o que a pessoa falar do outro lado.

- aplicativos de relacionamento populares no japão
Aplicativos de relacionamento populares no japão

8 – CROSSME

Este aplicativo é bem diferenciado dos demais, pois com o CROSSME você pode encontrar pessoas que usam o mesmo aplicativo perto de você, ao você se cruzar com alguém que contem o aplicativo ele o avisará que você se encontrou o passou perto de uma pessoa usuária ou aquela pessoa que você ou ela está interessado(a). Mostrando seu perfil e sua distância em metros dela até você.

Este aplicativo também é muito recomendado para você que busca arranjar um relacionamento com algum Japonês ou Japonesa.

E aí? Se gostou de saber sobre esses aplicativos tão interessantes para namorar japoneses, continue acessando nosso site para saber mais sobre esse país tão interessante.

Compartilhe Este Artigo: