Curiosidades / Japão / Outros

Você conhece o pequeno panda-vermelho?

panda-vermelho
Compartilhe nas redes sociais:


Você conhece o panda-vermelho? Muitas vezes confundido como uma raposa, urso, guaxinim e até um gato o panda vermelho é desconhecido mas está presente na maioria dos computadores no logo do navegador de internet Firefox. Isso mesmo, aquilo não é uma raposa, firefox se refere ao panda vermelho ou panda de fogo.

O panda-vermelho é o único da família Ailuridae, ele é nativo das montanhas do Himalaia e do sul da China. Assim como os tradicionais pandas ele se concentra em bambuzais e florestas temperadas. Ele é pequeno como um gato, possui uma cor castanho-avermelhada e uma cauda comprida e felpuda. Se alimenta de bambu e as vezes de ovos, insetos e até pequenos mamíferos.

Curiosidades sobre o Panda-vermelho

O panda-vermelho é arborícola e possui habilidades em cima das árvores, ele utiliza sua cauda para equilibrar e seus polegar para agarrar nas árvores. O panda vermelho mede entre 30 a 60 centímetros e sua cauda de 28 a 48 centímetros. Pesando entre 3 e 6 quilos, sua alimentação é fraca em nutrientes fazendo com que suas principais atividades sejam comer e dormir.

No Japão o panda-vermelho futa do zoológico de Chiba, ficou famoso por volta de 2005 por causa de sua capacidade de ficar de pé por cerca de 10 segundos. No Safari Land em Yamaguchi, os visitantes podem interagir com os pandas vermelhos.



panda-vermelho

Com 114 a 140 dias de gestação, as fêmeas dão a luz em arvores ocas ou em fedas nas rochas. O panda vermelho vive cerca de 15 anos e está seriamente ameaçado de extinção devido a exploração do seu habitat. Ele é relativamente comum em jardins zoológicos ao redor do mundo, existem mais de 500 pandas vermelhos espalhados em mais de 160 instituições. Além da China e Himalaia, é possível encontrar pandas vermelhos em países como Índia, Mianmar, Butão e Nepal.

Você já conhecia esse animal? Já confundiu ele com uma raposa? Gostou do artigo? Compartilhe com os amigos e deixe seus comentários!

Compartilhe nas redes sociais:
Foto de perfil de Kevin
Obrigado por ler nosso artigo, agradeço aos comentários e compartilhamentos. Sou o administrador deste site e quero tornar esse o maior portal de cultura japonesa do Brasil. Agradeço a colaboração!