Culinária / Japão / Outros

Viagem ao Japão 2016 – O que eu comi?

Viagem ao Japão 2016 – O que eu comi?
Compartilhe nas redes sociais:


Neste artigo vamos falar sobre o que eu comi enquanto estava na minha viagem ao Japão em 2016 no mês de setembro. Vou colocar as fotos de todos os pratos que eu comi e também uma breve descrição do que eu achei e etc.

Café da manha e lanche

Durante a manha eu sempre comprava uma bebida na hanbaiki em frente o meu hostel, um refrigerante ou energético de vários sabores e tipos diferente.  Apesar de muitos falarem que o refrigerante japonês têm menos gás, eu não notei tanta diferença. Foi muito bom pagar 100 ienes em energéticos que no Brasil custam caros, tinha também vitaminas C e B muito bom.

De lanche eu ia em um Konbini comprar Nikuman e Karagee que eu achava muito bom. Na parte da tarde eu voltava na estação de Akihabara e passava em uma padaria chamada Vie de France próximo a Yodobashi Camera. Era muitos tipos de pão, eu comi o pão de melão e gostava muito das pizza e cachorros quente, porque eu sempre vou de olho nos recheios. Diferente do que as pessoas falam eu gostei da Pizza do Japão.

Quando eu fui de Tokyo para Osaka e fiquei hospedado na casa de amigos, eles faziam cada café maravilhoso e completo. Além do pão tinha atum, uma salsicha que parecia mais linguiça, era muito gostosa, além de presunto, mussarela e algumas folhas e frutas. Bebidas não faltava, fui servido com yogurt, chá e suco. Teve outro dia que fui levado para tomar café tradicional em um restaurante, tinha arroz, ovos, bacon, peixe e alguns legumes além da tradicional sopa de missô que não faltava nenhum dia.

Eu também tive a chance de comer Okonomiyaki e experimentar diversos outros petiscos e salgadinhos de wasabi, batatas e KitKat e sorvete de chá verde. Acabei indo algumas vezes no McDonald por ser rápido e barato, e por ter a possibilidade de carregar meu celular.

Almoço e Janta

Na maioria das vezes eu almoçava o famoso e barato Gyudon (+-500 ienes) uma tigela com arroz, carne e cebola muito gostoso, acompanhando do missoshiro. Outros dias eu comi ramen e soba, eu gostei mais do soba, até mesmo gelado eu achei uma delícia. Teve um dia que eu fui em um restaurante de Gyoza a especialidade de Hamamatsu. Nessa cidade eu também fui num Yakiniku super barato e muito bom.

Eu também fui em um Maid Café e vacilei em não pedir o tradicional omuraisu e sim um prato com curry, e falar nisso as 2 vezes que comi curry eu achei enjoativo. Aonde eu fiquei hospedado a janta costumava ser completa com karaage, missô, tofu e diversas variedades de legumes.

Na província de Gunma, fui levado a um restaurante chinês, eu estava com receio mais foi muito bom e incrivelmente barato. Era um restaurante especializado em chahan, e eles serviam muita comida, era impossível comer tudo… Eu pedi apenas um ramen com chahan e veio uma tigela gigante de cada, e tudo por menos de 1.000 ienes. As pessoas que estavam comigo pediram Karaage. E também me levaram para comer no Saizeriya uma franquia popular no Japão de culinária Italiana.

Cheguei a conclusão e a experiência de que a culinária japonesa, mesmo não utilizando muito sal, é bastante temperada e diversificada. Sabores diversos muito macarrão, arroz e carnes. Não é apenas peixes como alguns imaginam, peixe mesmo só comi 2 vezes o sushi. É incrível como os japoneses fazem a soja, legumes e verduras que eu não gosto, ficarem suculentas.



Compartilhe nas redes sociais:
  • Kevin, quanto custou essa viagem?

  • kevin

    Cerca de 200 por dia contando hostel. Comida e passes de trens e alguns pontos turisticos.

  • Sou louco pra fazer uma viagem pra lá assim, mas não conheço ninguém que more lá nem alguém pra ir comigo.

  • haithe

    YOO^^ Quantos dias voce ficou la?

  • kevin

    Um mês

  • kevin

    Eu tb n conhecia… Huehueheu e fui sozinho… E olha q sou medroso e tímido…

  • Mas você é muito inteligente, isso já é uma barreira a menos.