Cultura / Curiosidades / Japão

Soroban – Conheça o ábaco japonês

Soroban – Conheça o ábaco japonês
Compartilhe nas redes sociais:

O Soroban (そろばん) é o nome dado ao ábaco japonês, que consiste em um instrumento para cálculo, originalmente chinês, e levado para o Japão em torno de 1600 d.C.

O Soroban é um aparelho bastante simples, constituído de hastes e contas, presos a uma moldura. No Japão, ele é ensinado nas escolas para crianças a partir dos 8 anos de idade, e nas empresas, para poderem trabalhar nos escritórios, os japoneses precisam possuir certificação. O seu aprendizado e uso beneficiam a memória, o raciocínio lógico abstrato, além de ser muito divertido!

Você provavelmente conheceu um ábaco quando era criança, nos primórdios da sua educação, para aprender a contar. Mas o soroban é diferente, com apenas cinco contas, ou pedrinhas (como preferir chamar agora) em cada ordem numérica.

Soroban Quadro

O seu uso sofreu uma série de aperfeiçoamentos que geraram técnicas extremamente rápidas para executar qualquer cálculo: adição, subtração, multiplicação, divisão, raiz quadrada e outros.

A parte mais interessante e intrigante com certeza é o uso da mesma técnica para fazer cálculos mentais. Treinando as operações no Soroban, vai-se aos poucos adquirindo as mesmas habilidades para fazer cálculos mentalmente de algarismos enormes, para os padrões ensinados nas escolas.

Com o tempo, também é possível fazer os cálculos de forma totalmente mental e sem o uso do instrumento. O campeão Takeo Sasano entrou para o livro dos recordes com o tempo de 1,83 segundos (não dá nem dois segundos!) calculando 15 números de 3 dígitos cada. Faça o teste: marque o tempo que você gasta para calcular isto em uma calculadora! Você vai entender o poder do Soroban!

Benefícios

Veja outras habilidades que também são percebidas no uso do Soroban:

  • Melhora a concentração e memorização, sobretudo para números;
  • Visualização e inspiração apuradas;
  • Observação mais atenta;
  • Processamento de informações mais rapidamente;
  • Aumento da “velocidade auditiva”;
  • Cálculo mental.

Construção

O Soroban é composto de diversas colunas, cada uma representando uma unidade, dezena, centena, etc. Cada coluna, por sua vez, contém duas partes: uma em cima e outra embaixo. Na parte de cima fica uma conta por coluna, que significa, cada conta, cinco unidades numéricas, e estas contas se chamam godama porque go significa cinco e dama, peça. Na parte de baixo de cada coluna, existem quatro contas, cada uma significando uma unidade numéricas e se chamam ichidama porque ichi significa um e dama significa peça.

Representação do Soroban

Assim, quando as peças ou contas superiores estão para cima, e as contas inferiores estão para baixo, o Soroban está “zerado”. Quando movemos uma pedra da parte de baixo para cima, teremos o 1, se movermos mais um, teremos a representação do 2, e assim por diante. Para representarmos o 5, basta movermos a pedra superior, da casa numérica eleita como a cada das unidades, para cima. Apesar de parecer simples fazer cálculos com este instrumento, é necessário o aprendizado de técnicas, para se conseguir realizar qualquer operação de soma, por exemplo. Depois de dominada a técnica (Shuzan ou 珠算), seu uso é muito mais rápido do que o de uma calculadora.

Vídeos

Veja alguns vídeos que mostram a grande habilidade e o uso do soroban:

Concurso de soroban:

Como se sente vendo este bando de crianças fazendo cálculos enormes usando uma simples ferramenta? Parece ser super complicado, e exige bastante habilidades.

Compartilhe nas redes sociais:
Foto de perfil de Kevin
Obrigado por ler nosso artigo, agradeço aos comentários e compartilhamentos. Sou o administrador deste site e quero tornar esse o maior portal de cultura japonesa do Brasil. Agradeço a colaboração!

Senha perdida

Register