Cultura

Regras exclusivas de espaços públicos japoneses

Regras exclusivas de espaços públicos japoneses

Todo País tem seu próprio conjunto de regras escritas e não escritas que os visitantes de primeira viagem podem não ter conhecimento de tal, e o Japão não é exceção.

Enquanto você provavelmente não será convidado para se retirar de determinado lugar por se comportar de maneira estranha, conhecendo e respeitando os costumes locais você certamente deixara uma boa impressão para os moradores japoneses!

Fique na esquerda ao subir a escada rolante… Exceto em Kansai!

O Japão possui uma das maiores densidades populacionais do mundo, e as pessoas tendem a fazer o seu melhor para não ficar no caminho um do outro. Uma maneira de fazer isso, é ficar de pé no lado esquerdo das escadas rolantes, para que assim, as pessoas que estão com pressa possam facilmente passar um pelos outros.

img_0362

Enquanto os cidadãos de Kanto ficam do lado esquerdo, as pessoas em Kansai ficam no lado direito. Em caso de dúvida, não esqueça de olhar para as pessoas que estão usando a escada rolante e seguir seus exemplos!

Mantenha o elevador de porta aberta

Ao utilizar um elevador, a pessoa mais próxima aos botões normalmente manterão a porta aberta para os outros quando entram e abrem a porta quando vão sair no próximo piso.

Eles também podem pressionar os botões do piso de outra pessoa se estes se encontram muito longe da porta e o elevador se encontra lotado. Sendo assim, é uma boa idéia rever os números japoneses!

Use o “Som de Princesa”

Se você é uma menina e já visitou ou mora no Japão, você pode ter visto o objeto da foto acima em banheiros públicos, chamada Otohime (literalmente:”som de princesa”). Geralmente é um sensor que ao ser ativado reproduz o som de um vazo sanitário.

Como muitas dessas regras foram criadas, a fim de não perturbar os que estão perto, as mulheres japonesas por não gostarem da ideia de ter seus “sons corporais” ouvidos pelas pessoas por perto e para não ficarem apertando a descarga enquanto o som está rolando o que geraria grande desperdício de água, costumam usar o “som de princesa” para simular uma barulho de descarga contínuo até que tudo esteja ok.

Cubra seu guarda-chuva molhado

A estação das chuvas não é brincadeira no Japão e a fim de manter lojas e restaurantes limpos, é uma boa idéia usar sacolas de guarda-chuva encontrados nas entradas de lojas e escritórios. Basta deslizar seu guarda-chuva no saco de plástico e tirá-lo quando for jogar o saco no lixo adequado quando você for embora.

Se você é preocupado com o impacto ambiental causado pelo plástico, você pode facilmente encontrar cases de guarda-chuva reutilizáveis a ¥ 100 em lojas ou online.

Não fume na rua

Se você está andando pela cidade e gostaria de ascender um cigarro, você deve fazer isto em uma área designada para o fumo (como a imagem acima). Normalmente, há uma estação de trem por perto. Ruas de cidades grandes, tendem a ser muito cheias e você não quer incomodar alguém andando atrás de você com o seu fumo passivo, ou na pior das hipóteses queima-lo com o cigarro aceso

De todas as regras listadas aqui este é um que você deve realmente ter em mente, com o perigo de ser multado. Contrariando isto, no entando, o tabagismo é realmente permitido dentro de muitos restaurantes, clubes e izakaya(bares japoneses)

Evite assoar o nariz em público – use uma máscara se você é doente

Não é comum você ver japoneses tampando o rosto com a mão para espirrarem. Uma explicação é que assoar o nariz pode fazer com que os germes se espalhem ao redor e você definitivamente não quer fazer isso em uma área densamente povoada por pessoas de negócios que trabalham duro.

Vestir uma mascara de cirurgia é bastante comum. Não pense que a praga está se espalhando, é apenas uma maneira normal de proteger a si mesmo e aos outros de várias doenças. Na verdade, é tão normal que você pode encontrar diversas variedades de máscaras cirúrgicas com características diferentes, tamanhos e até mesmo cores!

mascaras

Não coma enquanto caminha

Se você já esteve no Japão por tempo suficiente, você vai ter notado que quase ninguém come na rua, com a exceção de festivais. Apesar de comer na rua não envie você para a cadeia, você certamente obterá para si os olhares fixos de muitos japoneses. É difícil apontar uma explicação oficial. Alguns consideram que é desleixo, enquanto outros acreditam que é devido à falta de lixeiras. Com a exceção de lojas de conveniência, não há latas de lixo ao redor, ou seja, comer na rua significaria levar uma lixeira com você durante todo o dia.

Enquanto as pessoas geralmente não comem enquanto caminham, é normal ver os clientes do lado de fora de lojas de conveniência ou ao lado de latas de lixo. Além disso, você pode ver alguns lanches pequenos como pães e bolinhos de arroz que estão sendo consumidos rapidamente, mas nada mais é geralmente aprovado.

Não faça chamadas telefônicas no trem

No espírito de não perturbar os outros, ao entrar em um trem é educado colocar o seu celular no modo de vibração ou no modo silencioso. Você certamente ouvirá esta regra sendo declarada com bastante frequência em anúncios nos trens e estações. Se alguém ligar para você, é aceitável responder brevemente e dizer que você se encontra em um trem e você retornará a ligação quando sair do mesmo.

Foto de perfil de Cristiano Vasconcellos
O Japão, sua cultura e história me fascinam. Gosto de experimentar coisas novas, conhecer novas pessoas e estudar novos assuntos.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.