Cultura / Curiosidades / Japão

Por que os japoneses gostam de fazer hora extra?

Por que os japoneses gostam de fazer hora extra?
Compartilhe nas redes sociais:


O Japão é conhecido por ser um país onde as pessoas trabalham demais, alguns fazem até mesmo de 12 a 15 horas por dia. Claro que isso não é um numero tão grande mais é bastante visível ao ponte de chamar a atenção das pessoas. Porém a carga horária do Japão é como a de qualquer outro país variando entre 8 e 9 horas por dia. Então por que 1 a cada 5 empregados fixos japoneses costumam fazer hora extra? O que leva 22% dos japoneses trabalharem mais de 50 horas por semana?

Se olharmos dessa forma, 22% da população não é um número alarmante para pessoas falarem “japonês trabalha demais”, mas é um numero muito grande. São 27 milhões de japoneses que fazem mais de 10 horas extras por semana. O Japão permite apenas 45 horas extras por mês, mas cerca de 1 milhão de pessoas assinaram um termo que permite fazer mais que isso. Por que isso acontece?

Adicional de 25%

Os japoneses recebem por hora, após as 8 horas de trabalho a hora adicional trabalhada recebe um acréscimo de 25%. Esse é o principal motivo da maioria das pessoas fazerem horas extras. Alguns exageram e ficam até mesmo sem suas ferias para trabalhar e ganhar mais. Se uma pessoa trabalha em dias que não está contratado para trabalhar como folga ou feriado, recebe cerca de 35% a mais que nos outros dias. Se a pessoa trabalha a noite (22+) ela recebe cerca de 25%.

Em trabalhos que não permite hora extra, algumas pessoas acabam arrumando outro trabalho de meio período para aumentar seus ganhos. A ganância se mostra um fator chave para os japoneses trabalharem demais, já em alguns casos o salário da pessoa não é satisfatório pra ela, exigindo que ela trabalhe mais. Alguns até trabalham 24 horas sem parar em locais como hospitais, as vezes pela % ou para ajudar os necessitados.

Questões Culturais

Após a segunda guerra mundial o Japão passou por diversos problemas econômicos. O incentivo do governo fez com que as pessoas trabalhassem de uma maneira sem igual que fez o Japão se reerguer e tornar uma potência econômica. Esses acontecimentos acabaram deixando uma tradição e incentivo cultural para as pessoas se dedicarem ao trabalho como a coisa mais importante.

Outro coisa é o fato dos japoneses serem responsáveis na maioria das coisas que fazem. A responsabilidade e disciplina é algo que acompanha os japoneses a milênios desde as épocas dos samurais. Outro exemplo que podemos pegar dos samurais é sua dedicação as coisas como ao bushido e seu mestre.

Fazendo hora extra sem remuneração

Alguns ainda acabam trabalhando depois do expediente mesmo sem necessidade. A maioria dos empregos que exigem hora extra se localizam em fabricas, então em muitos escritórios algumas pessoas acabam querendo trabalhar mais do que deveria mesmo sem receber o adicionar de 25% ou até mesmo o valor da hora. Por que fazem isso? Alguns simplesmente gostam, outros fazem para diminuir ou concluir logo um serviço ou com intenção de agradar o chefe. Alguns acabam até mesmo trabalhando em casa depois do horário.

Eu não vejo problemas em trabalhar 2 horas a mais por dia pra ganhar cerca de 3000 ienes (80R$). Só que existem aqueles que passam do limite trabalhando cerca de 12 a 15 horas todos os dias, e ainda depois do trabalho sai pra beber e vive nesse circulo infinito sem alegria. Esse é um dos grandes motivos do Japão estar com a crise de natalidade e ter um índice alto de suicídios.

Curiosidades e fatos

  • Cerca de 27 milhões de japoneses fazem 10 ou mais horas extras por semana.
  • A lei permite apenas 15 horas extras por semana que dividindo da em média 3 por dia.
  • Não é permitido os menores de 18 anos fazerem horas extras.
  • Existem cercas de 16 feriados para os trabalhadores por ano.
  • A maioria dos estrangeiros fazem horas extras por precisão ou obrigação.

Pesquisas afirmas que quase metade das pessoas no Brasil trabalham 10 horas por dia. Ou seja, antes de imaginar que os japoneses trabalham demais, analise os fatos. Ao menos os japoneses recebem as horas extras que fazem. Para finalizar vou deixar alguns artigos semelhantes que podem esclarecer mais o assunto. Agradecemos sua leitura, compartilhamento e comentário.



Compartilhe nas redes sociais: