Curiosidades / Japão / Outros

O que é realmente caro para os japoneses?

O que é realmente caro para os japoneses?

É comum alguns terem a ideia de que tudo no Japão é caro devido ao fato de produzirem pouco e pelo que veem na TV. Só que eles esquecem completamente que a economia do Japão é outra e que o salário é totalmente diferente e alguns produtos são bem mais baratos. Neste artigo vamos examinar preço de diversos tipos de produtos e entender o que é realmente caro ou barato para a população japonesa.

Acho que a maioria deve saber que eletrônicos e produtos tecnológicos no Japão são bem mais baratos. E também devem saber que alimentos como frutas, verduras e carnes tem um valor mais elevado. Mas pensar só isso é errado, porque ambas essas coisas são bastante relativas. Por esse motivo, se você é um estrangeiro que mora no Japão, esqueça todos os preços dos produtos no Brasil, não queremos fazer comparações inúteis de valores, porque cada economia é diferente e seus preços relativos.

O que é caro no Japão?

O salário japonês está em torno de 700 a 1200 ienes por hora, de acordo com trabalho ou região. Então como média vamos pegar em torno de 200.000 ienes por mês para você calcular as condições financeiras dos japoneses. Isso da em torno de 6 mil reais.

Alimentos –  Frutas, verduras e carnes possuem um valor bem alto em comparação com outros países. Porém isso não parece afetar tanto a cabeça dos japoneses, eles não deixam de consumir tais coisas por custarem caras, já que é totalmente acessível ao salário deles. Claro que eles fazem tudo para economizar dinheiro e gastar com coisas mais importantes.

No Japão quem quiser comer carnes, frutas e verduras sem gastar muito, existe milhares de opções que podem custar até menos que no Brasil. O Japão é repleto de restaurantes com os mais diferentes pratos e são bem acessíveis aos japoneses. Grande parte da população raramente come em casa, e na rua têm a oportunidade de experimentar a maioria dos pratos do mundo e até doces e coisas derivadas de frutas. Isso sem mencionar os produtos industrializados que são super baratos, os japoneses fazem a festa com bebidas, salgados e doces.

Impostos e Seguros – Uma das coisas que mais pesa no salário japonês é os impostos. Apesar de serem bem utilizados, é bastante caro e pode consumir até 30% do valor do salário. Nessa parte de impostos estamos incluindo os valores gastos com seguro de saúde, desemprego e aposentadoria. Isso porque no Brasil temos tudo de graça pago com impostos, já no Japão pagamos separadamente para ter esses serviços.

Ao comprar algo no Japão é necessário pagar 8% de imposto do produto. Esses seguros e impostos acabam pesando no bolso dos japoneses. Mas por outro lado, e necessário tais gastos com saúde e segurança e os impostos que são investimentos para o país.

Outras coisas que são caras – É difícil especificar o que é caro ou barato aqui, visto que existe uma ampla gama de produtos, principalmente num país capitalista como o Japão, onde o consumo é extremamente grande e diversificado com inúmeras coisas que você nem deve saber que existe. Fizemos uma pequena lista de coisas que os japoneses costumam reclamar quando pagam, mesmo não sendo algo caro.

  • Lavagem de roupa a seco – (+800 ienes / 20 reais).
  • Esportes como Golfe, podem gerar gastos de até um milhão de ienes com produtos e clubes.
  • Filmes no cinema custam mais de 1500 ienes / 45 reais.
  • Carros importados + impostos para manter + pedágios.
  • Vinhos importados.
  • Bilhetes de trens, principalmente de shinkansen (trem bala).
  • Alugueis em centros de cidade ou Tokyo.
  • Taxi (Eu acho super caro).
  • Acomodações e hotéis, dependendo do nível pode passar facilmente a casa dos 300 reais.
  • Entrada em parques e alguns pontos turísticos.
  • Consultas médicas particulares.

Produtos Made in Japan – Os japoneses valorizam bastante os produtos que são fabricados no Japão, esse é um dos motivos de o arroz custa caro, já que lá a produção do arroz é local. Camisas e roupas personalizadas podem custar mais de 300 reais, principalmente de animes e times. As vezes sai bem mais barato comprar algo importado ou fabricado em outro país do que algo Made in Japan.

cerveja

Assim como qualquer país, viver em centros urbanos, em cidades turísticas, ou lugares populares sempre vai ser mais caro. Fazer compras em supermercados ao invés de lojas de conveniência também ajudam os japoneses a economizarem. Durante minha experiência no Japão eu percebi que os valores dos produtos mudam drasticamente de um local pro outro e de uma marca para outra.

O que é barato no Japão?

Comida é relativamente barata para os japoneses. Como já mencionado, a maioria dos japoneses comem em restaurantes de qualidade e isso não consome nem uma hora de trabalho deles. Enquanto no Brasil têm restaurantes que consome o ganho do dia inteiro, principalmente se o restaurante serve comida de outros países ou regiões.

O aluguel é relativamente barato. Um grande numero da população mora de aluguel, o aluguel no Japão não consome nem 30% do salário mínimo. Já no Brasil alugueis de casas boas consomem mais que um salário mínimo. Claro que vai depender da localização, tamanho e etc.

Eletrônicos e móveis – Esses produtos podem ser tanto caro como barato, mas na maioria das vezes é possível encontrar milhares de opções acessíveis. Alguns eletrônicos chegam a ser até 5x mais barato que no Brasil. Minha opinião pessoal é que os preços dos eletrônicos no Japão são iguais a de outros países que não cobram impostos absurdos e onde as lojas não tentam explorar a clientela.

konbinis21

O restante dos produtos e serviços são relativamente baratos para os japoneses, podem até parecer caro para nós estrangeiros, mas não pesam no bolso japonês. Um dos problemas de calcular ou comparar preços do que é caro ou barato, vai depender da prioridade que a pessoa vê no produto. As vezes, quando algo é desnecessário, pode custar apenas 1.000 ienes que já achamos caro. 1000 ienes é como se fosse simplesmente 10 reais para uma pessoa que ganha aproximadamente 2.000 por mês, você acha que é gastar muito?

Conclusão

No final, o Japão não é caro se você fizer alguns ajustes de vida. Fazendo umas pesquisas na internet cheguei a uma pequena conclusão de que o Japão é economicamente mais barato que países como a Austrália, Nova Zelândia, Canada e até um pouco mais barato que os EUA. Não importa se o país tem uma coisa mais cara que outra, o que manda é o poder de consumo da população e o fato de que outras coisas são mais baratas.

O Dinheiro e o consumo no Japão é muito diferente. Com um salário mínimo (cerca de 200.000 ienes), durante um mês, eu fui capaz de almoçar apenas em restaurantes, ir a diversos pontos turísticos pagos, viajar para varias cidades e comprar diversas besteiras. Gastar esse dinheiro me causou uma impressão de que eu fosse rico, porque fiz varias coisas que nunca teria condições de fazer no Brasil.

Tudo vai depender da pessoa também, se você quer uma super refeição ou comprar um produto ou carro de luxo vai ser realmente caro. Caso a pessoa não gosta de tanto luxo, é possível ter uma boa refeição por menos de 500 ienes. Então antes de reclamar de barriga cheia, tenham em mente que tudo no Japão ou em qualquer país têm preços relativos, pode ser tanto barato como caro.

Foto de perfil de Kevin
Sou criador de conteúdo na internet, e web designer. Gosto muito do Japão e seu idioma, por causa de sua cultura rica e unica. Curto animes, doramas e jogos clássicos e desconhecidos.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.