Cultura

O Japão e os Tigres asiáticos

O Japão e os Tigres asiáticos

Você sabe o que são Tigres asiáticos? Não estamos falando dos tigres na foto, mas sim de um denominação dada a um grupo de países que na década de 80 apresentaram um crescimento econômico elevado e repentino baseado em táticas agressivas de atração de capital estrangeiro como a isenção de impostos e mão-de-obra barata. Sim vamos falar de História e economia.

 

Os Tigres asiáticos são formados pelos seguintes países:

Ah? Mais cadê o Japão?  O Japão não faz parte dos tigres asiáticos mas desempenhou importante papel nessa historia. Nessa época o  Japão já era um país bastante desenvolvido, foi o principal propulsor que ajudou a formar esses tigres.

O que aconteceu?

Depois da segunda guerra mundial o Japão entrou em uma grande recessão. Para combater isso o governo japonês começou a investir muito em obras públicas e a tentar forçar a redução da taxa de juros para estimular novos investimentos no país.

Favorecido pelos EUA, o Japão teve um rápido crescimento econômico, acompanhado de uma política de controle de natalidade e de elevação do padrão educacional, tecnológica e financeira, que lhe permitiu conseguir uma grande projeção comercial.

Alguns fatores que ajudaram o crescimento do Japão:

  • O Japão aproveitou todo espaço possível para cultivar e plantar.
  • O Governo estimulou a produtividade, comprando toda a produção agrícola e depois revendendo.
  • O desenvolvimento da agricultura em países subdesenvolvidos.
  • A atividade pesqueira.
  • Investimento em pesquisas cientificas e o desenvolvimento tecnológico.
  • A importação de matérias-primas e fonte de energia;
  • A especialização da mão-de-obra japonesa, que, por ser abundante, é relativamente barata.
  • A utilização de tecnologia avançada.
  • Grande investimento na indústria japonesa.

Existem outros inúmeros fatores não citados que contribuíram para o crescimento do Japão, e sua Influencia a outros países asiáticos.

Tigres Asiáticos

A partir da década de 1980, alguns territórios do Pacífico malaio-asiático começaram a apresentar altos índices de crescimento econômico e influência no mercado mundial, sendo por isso chamados de tigres asiáticos.

O país asiático que iniciou esse ciclo rápido de crescimento foi o Japão, com uma bem sucedida reforma agrária, seguida de um aumento rápido da renda dos fazendeiros, que criou um mercado local para novas fábricas. O Japão atuou não só como estímulo, mas também como exemplo. A imensa e ininterrupta expansão da economia japonesa foi decisiva para criar um dinâmico mercado em toda a área circundante do Pacífico.

As relações sindicais nesses países seguem o modelo japonês de cooperação entre o capital e o trabalho, submetendo os sindicatos aos interesses das empresas, estimulando a fidelidade do trabalhador ao patrão e a competição entre os trabalhadores.

Outros fatores que favoreceram o desenvolvimento dos Tigres Asiáticos.

  • Investimento de capital estrangeiro, do Japão e dos EUA.
  • Exploração da força de trabalho, relativamente barata.
  • Distribuição mais equilibrada de renda em relação a outros países capitalistas.
  • Cooperação e transparência dos Estados.
  • Economias voltadas fundamentalmente para o mercado externo.
  • Ética confucionista – estabelece um modelo socioeconômico que enfatiza o equilíbrio social, a consciência de grupo, a hierarquia, a disciplina e o nacionalismo.

Foi por causa do Japão que alguns países da Ásia são conhecidos como tigres asiáticos. 

Fonte de pesquisa: wikipedia, zemoleza, clickescolar

Foto de perfil de Kevin
Sou criador de conteúdo na internet, e web designer. Gosto muito do Japão e seu idioma, por causa de sua cultura rica e unica. Curto animes, doramas e jogos clássicos e desconhecidos.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.