Cultura / Japão

Inkan e Hanko – Carimbo ou selo Japonês que serve como assinatura

Inkan e Hanko – Carimbo ou selo Japonês que serve como assinatura

Inkan [印鑑] são carimbos (ou selos) utilizado pelos japoneses, o qual possui o mesmo valor das assinaturas.

Os Inkan são usados em situações como solicitação de documentos na prefeitura, abertura de conta bancária, correspondências, entre outros. Tanto grandes corporações, empresas como pessoas e famílias comuns pode possuir um Inkan.

Estes carimbos são feitos normalmente de pedra ou madeira em formato cilíndrico, contendo na sua base superior os caracteres orientais, podendo ser tanto kanji quanto desenhos (geralmente utilizados em artes), e são tipicamente usados com tinta vermelha.

Os Inkan devem ser registrados e certificados pelo governo na prefeitura antes de serem usados como assinatura.

Origem do Inkan

Os Inkan surgiram a 5 mil anos na região da Mesopotâmia, com gravuras gravadas na parte lateral. Assim, rolava-se o material sobre a superfície de argila para obter os desenhos do carimbo. Apenas os sábios da época possuíam o inkan, o qual era pendurado no pescoço com uma corda, sendo carregado como acessório necessário para o dia-a-dia. Cada um possuía o inkan com gravuras peculiares, feito com pedras de valor.

Posteriormente, o inkan se espalhou para o mundo. Ao leste, através da China, chegou ao Japão. No oeste, atravessou a Grécia, Egito, Roma e chegou à Europa, onde o costume de se utilizar o inkan não se manteve ao longo da história. Infelizmente esse costume não chegou ao Brasil.

Antigamente no Japão, o inkan era utilizado apenas pelo imperador e seus mais confiáveis agentes, como forma de se certificar os documentos oficiais com o símbolo da autoridade do imperador.

A partir das Eras Heian e Kamakura o inkanse tornou comum entre a população e na Era Meiji, por força da legislação, o inkantornou-se objeto de uso comum sendo necessário ser registrado pela prefeitura de cada cidade (inkan shoumeisho) [印鑑証明書].

Tipos de Inkan

Os Inkan costumam ser separados conforme sua utilização. Que são:

Mitome-in 認印 – que é  usado para as tarefas diárias em casa e no escritório, tais como a assinatura para a entrega de pacotes, cartas e documentos. Pode ser usado um Hanko. (Em breve falamos…)

Ginko-in 銀行印  – Este selo é usado para abrir uma conta bancária.Para retirar grande quantidade de dinheiro ou fechar a sua conta. Você pode usar outros tipos de inkan para abrir sua conta bancária, mas um monte de gente costuma separar os inkan por razões de segurança.

Jitsuin 実印 – é o carimbo que se registra na Prefeitura. Este é o carimbo mais importante pois é utilizado em todas as transações que exigem documentos oficiais, como compra e venda de imóvel, compra e venda de automóvel, contratos, entre outros.

Hanko

Enquanto Inkan significa carimbo ou selo, existe também o Hanko  (は ん こ ou 判 子) que significa selo. Ambos podem se referir a mesma coisa.

A diferença entre Inkan e Hanko é que o Hanko costuma ser mais simples, alguns são até mesmo feito de borracha para se colocar em uma caneta. Fora isso eles costumam ser mais barato, e podem ser encontrados com nome pronto, ate mesmo em lojas de 100 円 (Hyakuen).

As pessoas usam ele para assinar contratos menores e aceitar entregas. E pode ser categorizado como um mitome-in.

Quem mora no Japão precisa de um Inkan/Hanko?

Não é necessário um Inkan para sobreviver. É possível fazer muitas coisas, até mesmo criar contas bancarias em alguns locais sem selo. Caso alguém lhe peça o selo, e você não tem, basta dizer, que eles costumam permitir uma simples assinatura.

Se você mora no Japão, não custa nada ter um Selo. Vai lhe poupar tempo e evitar problemas.

Como fazer seu Inkan?

Primeiramente você deve encontrar um local que trabalha com Inkan. Escolha o material como madeira, mármore, marfim, ferro e muitos outros. E selecione o tamanho do seu Inkan, abaixo temos uma lista dos tamanhos comuns:

Jitsu-in
  • Feminino: 13,5 milímetros ou 15 mm
  • Masculino: 16,5 milímetros ou 18 milímetros
Ginko-in
  • Feminino: 12 mm ou 13,5 milímetros
  • Masculino: 13,5 milímetros ou 15 milímetros
Mitome-in
  • 10,5 milímetros normal
  • 12,0 milímetros Especiais

Decida o que você quer no inkan. Você pode ter até 6 caracteres em seu inkan. Você pode colocar seu nome, sobre nome, nome da família ou organização.  Você pode escolher em usar kanji, katakana e hiragana. Alguns locais são possíveis ate personalizar.

Quem pode registrar? Qualquer pessoa com mais de 15 anos que é um residente da cidade onde esta a prefeitura. No entanto, você só pode registrar um selo.

O que você precisa para registrar o selo?

1. Identificação pessoal, como um Cartão de Registro de Estrangeiro ou a carteira de motorista.

2 Inkan – o selo pessoal.

3. Um formulário de inscrição – inkan-Touroku-shinseisho 印鑑登録申請書 – disponível no escritório local da ala ou um escritório na cidade, ou por download no site da prefeitura.

4. O registo é gratuito, mas o certificado de autenticidade para o selo (印鑑登録証明書 inkan toroku Shomei-sho) custa 300 ienes. Este certificado de autenticidade é necessário para qualquer transação comercial significativa, tais como a compra de um carro, ou a compra de imóveis.

E se alguém roubar meu inkan e usa-lo?

Eu realmente não me preocuparia com isso em tudo, porque se um documento é importante o suficiente para precisar do selo. Eles vão pedir identidade, endereço e etc. Sem falar que o Japão é um país super seguro.

O Inkan e Hanko é uma grande parte da cultura japonesa e foi provavelmente um costume por centenas, se não milhares de anos. Se você esta no Japão, faça como os japoneses, e obtenha seu Inkan ou o Hanko que é mais barato.

Gostou do artigo? Deixe seu comentário, compartilhe e curta nossa pagina no Facebook e nas redes sociais.

 

Foto de perfil de Kevin
Sou criador de conteúdo na internet, e web designer. Gosto muito do Japão e seu idioma, por causa de sua cultura rica e unica. Curto animes, doramas e jogos clássicos e desconhecidos.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.