Cultura / Mídia / Otaku

Dicas para se tornar um Mangaká – Materiais

Dicas para se tornar um Mangaká – Materiais

Tem o Sonho de se tornar um mangaká? (漫画家) Então descubra quais são os matérias e dicas essenciais para se tornar um!

Já ouviu, leu ou gosta de mangás? Pois bem, esta matéria é especial para você que sonha em se tornar um mangaká ou se admira algum deles ou se simplesmente é um curioso (rsrs).

Mangaká é aquele que desenha mangás, criar histórias também lhe tornar um mangaká, mas nada melhor do que por suas ideias no caderno sem depender de alguém, certo?

Muitos desistem no meio do caminho, talvez por falta de ânimo ou por simplesmente não saber por onde começar. Mas que tal ter a iniciativa certa? Começando com os materiais e dicas certas?

Materiais essenciais (Básicos) – Lápis

Claramente que um lápis é essencial, mas não estamos falando de qualquer lápis, estamos falando de lápis especiais, que possuem por sua vez classificações.

Estamos falando dos lápis que possuem 4 tipos de classificações, que são H, F, HB e B.

Estas classificações estão ligadas com a dureza do grafite, que é do mais suave (macio), que resulta em um tom mais preto, e ao mais duro, que resulta em um tom mais acinzentado do grafite.

Estes tipos de lápis são usados frequentemente na escrita, como por exemplo na maioria dos lápis você verá as letras HB, que é uma das classificações. Ou seja, não são necessariamente e obrigatoriamente usados em volta à arte.

A dureza do lápis é classificada em 4 tipos: BHF e HB.

  • Brepresenta blackness, negritude;
  • Hrepresenta hardness, dureza;
  • Frepresenta fine, fina (ponta fina);
  • HBrepresenta um limiar entre B e H, que caracteriza um lápis comum, para escrita.

lapis

As classificações seguem a seguinte ordem:

9H > 8H > 7H > 6H > 5H > 4H > 3H > 2H > H > F > HB > B > 2B > 3B > 4B > 5B > 6B > 7B > 8B > 9B

É recomendado que se use os lápis que estão entre o intermédio das classificações, como o 2H e 6H, F, HB, 2B e 6B.

Lembre-se sempre de manter o lápis bem apontado para maior manuseio do mesmo.

Papel

Se você não está disposto a gastar tanto dinheiro, pode apostar em usar um papel sulfite de 75 gramas, que é vendido em pacotes. É necessário cuidado ao usar, já que amassa mais facilmente.

O melhor papel para se desenhar mangá é o Westerprint, gramatura de 180 gramas, que é vendido em blocos no tamanho A3(29,7 cm x 42 cm) ou A4(21 cm x 29,7 cm).

E claro que se investir um pouco mais, será possível encontrar folhas pre-gabaritadas com bordas azuis, que mostra o espaço certo da folha de um mangá.

Canetas (Nanquim)

Existem as canetas técnicas que são descartáveis, que possuem pontas de feltro, e apesar de ter uma vida finita, elas nunca entopem.

Também possuem as canetas que precisam e necessitam de recargas de tinta nanquim, possuem uma maior precisão e também é preciso ter uma manutenção minuciosa e cuidadosa.

Elas possuem diversas gravações, entre 005, 01, 02, 03, 04, 05… As mais comuns de se usarem são a 005, 02, 05 e 08.

Elas são essenciais para mangaká, já que todos os detalhes e arte final costumam serem feitas através dela.

Borrachas

É muito frustrante quando você está fazendo um desenho quase que perfeito, mas de repente, você erra a linha… E é ai que a borracha entra!

É necessário saber que borrachas comuns não possuem o mesmo efeito de uma própria para desenho. Com uma comum é bem provável que seu desenho irá borrar e manchar em alguma parte.

Use principalmente uma borracha plástica branca, que tenha a garantia de não manchar o papel e de que não deixa manchas ao longo do caminho.

Também existem as Limpa Tipos, ela é uma espécie de borracha que pode ser manuseada e moldada da forma que quisermos.

O uso dela é bastante simples, e caso você saiba usa-la, os resultados de seus futuros desenhos ficarão em outro patamar. Você pode fazer estas coisas com borracha comum, mas não da mesma forma que uma Limpa Tipos!

  • Ela serve para clarear áreas escuras, para criar efeitos de luz no grafite, tirar excessos e também, claro, apagar!
  • Ela apaga facilmente e raramente deixará rastros de que foi usada uma borracha em seu desenho.
  • O mais importante, também, é saber criar formas que sejam convenientes ao seu desenho, como uma ponta, bolas ou qualquer outro formato.

Prefira marcas como: Staedtler, Koh-I-Noor, Faber Castell e Trident.

Para não prolongar muito o artigo, iremos dividir este post em diversas partes. Para ler o restante acesse os link abaixo:

 

Foto de perfil de Leonardo de Paula
Sou um estudante, mas dedico boa parte do meu tempo no aprendizado de Japonês e ao Suki-Desu. O Japão é o meu lugar ideal, pela sua cultura e idioma. Eu também curto animes, mangás, jogos, entre outros.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.