Cultura

15 monstros, mitos e lendas japonesas

15 monstros, mitos e lendas japonesas

O Japão é um país conhecido por suas superstições, cultura, e crenças diferentes, resultando em inúmeras lendas e criaturas bizarras.  Há centenas deles, alguns inofensivos, outros aterrorizantes. Neste artigo vamos conhecer algumas das criaturas e lendas mais bizarras do Japão.

Kamaitachi

Kamaitachi( 窮奇) é um monstro do folclore japonês que significa foice(kama) e doninha(itachi). O monstro possuiria a forma de uma doninha com dentes afiados como foices que cortariam suas vítimas com extrema rapidez.

Os antigos japoneses dizem que o Kamaitachi é o responsável pelos cortes que as pessoas sofrem quando são atingidas por fortes rajadas de vento frio! Então, o golpe do Kamaitachi faz um pequeno corte na pessoa, que, inicialmente, não sofre muito, pelo corte ser pequeno, mas provavelmente o corte ficará infeccionado!

Okiku, A Boneca Viva

Okiku é uma pequena boneca trajando um kimono. Ela pertencia a uma garotinha, chamada Okiku, que morrera de frio. Seu espírito possuiu a boneca, e agora, seu cabelo cresce misteriosamente. A boneca está, hoje, no templo Mannenji. Primeiro, seu cabelo era curto, mas com o passar do tempo, as madeixas da boneca foram crescendo, e hoje estão atingindo a cintura da boneca. Ninguém sabe como o cabelo da boneca continua a crescer, mas pesquisas científicas concluíram que aquele é o cabelo de uma criança jovem, talvez o de Okiku.

Umiboozu

Umiboozu (海坊主) é um terrível monstro marinho que normalmente aparece no litoral do Japão. Suas lendas são descritas no período Edo. A principal ação desse monstro é destruir. Ele sempre aparece para devastar embarcações, levando junto com elas, os seres humanos para as profundezas do mar. Também dizem que ele pode formar um redemoinho nos litorais em formato de uma panela, e nela puxar os seres humanos que estiverem à sua margem.

Há muitas descrições sobre a lenda do Umiboozu. Algumas pessoas dizem que ele pode assumir várias formas. Mas, a sua característica física original é de ser monstruoso, chegando a medir 30 metros para fora da água e por ter uma cabeça careca muito brilhante. Esta fez com que o Umibõzu ganhasse o apelido de “Monstro careca”.  Dizem que esse monstro não tem boca e nem olhos e sua cor é negra como a noite sem luar. No entanto, em algumas lendas relatam o Umibõzu com boca enorme e olhos reluzentes como fogo.

Isonade

Imagine um tubarão. Agora imagine um tubarão cuja as barbatanas são como um ralador de queijo, exceto que em vez de queijo ralado ele rala sua carne. Esse é o Isonade, que usa seus dentes e barbatanas para fazer filé de você, em seguida, arrastá-lo pra baixo no fundo do oceano

Kushisake Onna

Seu nome(口裂け女) significa “a mulher com a boca cortada”. Se você estiver andando na rua sozinho, tarde da noite, ela irá saltar de algum canto ou beco e parar na sua frente. Você não poderá fugir, pois ela irá se teletransportar e irá aparecer bem na sua frente. Ela usa uma máscara cirúrgica e um casaco surrado.

Kushisake irá perguntar-lhe: “Eu sou bonita?”. Se você disser que não, ela cortará sua cabeça com um grande par de tesouras. Se você responder que sim, ela irá retirar a máscara, revelando sua boca rasgada de orelha a orelha, e irá perguntar “Que tal agora?”. Se você responder que não, você será cortado ao meio, e se você disser que sim, sua boca será cortada como a dela.

Tomimo no Jigoku

O Inferno de Tomimo é um poema amaldiçoado, que diz matar aqueles que o lerem em voz alta. Se você tiver sorte não morrerá, mas merdas acontecem de qualquer jeito. Tomimo’s Hell foi escrito por Yomota Inuhiko, em seu livro chamado “The Heart is like a Rolling Stone”, e está incluído no Saizo Yaso’s 27th collection of poems de 1919. O poema conta a história de Tomimo, que morre e vai para o inferno.

Hitobashira

Hitobashira (人柱) significa “pilares humanos”. No Japão antigo, os japoneses acreditavam que selar pessoas vivas à construções, fariam-nas mais fortes e estáveis. Selar pessoas nos pilares e paredes eram sacrifícios comuns aos deuses, que contentes, abençoavam as construções para durarem por mais tempo. Diz-se que os pilares humanos são assombrados por aqueles que serviram como sacrifício.

https://www.flickr.com/photos/jannem

Teke Teke

Teke teke teke seria o som que a criatura faz quando anda (com o seu cotovelo). Ela era uma bela jovem que caiu (ou se jogou, existem várias versões) nos trilhos do metrô. Ela foi cortada ao meio por um trem, mas sua raiva e rancor foram tão intensos que seu torso continua a procurar vingança. Apesar da falta de suas pernas, ela pode se mover muito rápido, e se você tiver o azar de ser capturado por ela, Teke Teke o cortará ao meio, com uma foice que ela carrega.

Yuki-onna

Yuki-onna (雪女? mulher da neve) é um espírito ou youkai(espécie de demônio do folclore japonês) encontrado no folclore japonês. É uma figura muito comum na animação, mangá e literatura japonesas.

Segundo o folclore, as Yuki-Onna cantam para seduzir os homens, fazendo-os se perder nas nevascas e morrer congelados. Frequentemente elas aparecem na forma de mulheres belas e jovens, e em muitas lendas elas se apaixonam por homens e se aproximam deles, casando-se e constituindo família, tendo filhos, inclusive. Entretanto, a história de amor sempre finda com o desaparecimento dela num dia de maior bruma ou de tempestade, provavelmente quando o chamado de seu mundo se torna mais forte.

Aka Manto

Aka Manto significa Capa/Casaso Vermelha. Basicamente diz respeito a um espírito atormentado, que assombra banheiros. Ele irá aparecer quando você usar o banheiro que não tiver papel higiênico. Ele, então, irá te perguntar: “Você quer o papel vermelho ou o papel azul?”. Se você escolher o papel vermelho, você será cortado em pedaços. Se você optar pelo papel azul, você será estrangulado até a morte. De acordo com outras versões da história, ao escolher o papel vermelho, você será esfolado vivo, e se preferir o azul, seu sangue será drenado de seu corpo.

Gashadokuro

Gashadokuro(がしゃどくろ) é um youkai, uma criatura da mitologia japonesa, este espírito é bem simples – é um esqueleto gigante feito de ossos de pessoas que morreram de fome. Eles andam por aí, agarrá-lo e morder sua cabeça, beber o seu sangue, e adicionar o seu esqueleto para a pilha.

Vilarejo Inunaki

Inunaki Village é um misterioso vilarejo completamente isolado de outras vilas, e até mesmo do país em si. Não se sabe ao certo se este vilarejo de fato existe, mas algumas pessoas dizem que sim. Na entrada da vila, existe uma placa que diz “As leis constituintes do Japão não se aplicam aqui”.

Os moradores desta vila vivem de maneira muito estranha: incesto, canibalismo e assassinato são comuns por lá. Por alguma razão, você não pode usar seu celular ou outro dispositivo eletrônico, enquanto estiver em Inunaki Village. Existem antigas lojas e alguns telefones públicos por lá, mas você não pode ligar para ninguém. Diz-se que quem entra em Inunaki Village não consegue sair.

Túnel Kyiotaki

Este túnel foi construído em 1927. Ele tem 444m de comprimento (4 é um número amaldiçoado no Japão, semelhante ao número 13 para a maioria das pessoas ocidentais). Kyiotaki é, de acordo com as lendas, amaldiçoado por todos os trabalhadores que morreram enquanto o construíam, devido as péssimas condições de trabalho da época, que os obrigavam a trabalhar feito escravos, e por todos aqueles que morreram no túnel, vítimas de acidentes causados pelos espíritos dos trabalhadores.

É dito que os fantasmas podem ser vistos no túnel durante a noite, e que podem até mesmo possuir seu carro, e causar um acidente. Dizem também que há um espelho neste túnel, e que se você olhar para ele e ver um fantasma, você terá uma morte horrível. O comprimento do túnel também pode variar, dependendo do tempo e do período em que você estiver medindo-o (noite ou dia).

Akaname

O Akaname pode ser traduzido como “lambedor de sujeira”. Akaname é um tipo horrível de bicho-papão do Japão que, literalmente, lambe os banheiros sujos, limpa tudo com a língua ajudado por sua saliva venenosa. Acredita-se que o monstro pode ter se originado como uma forma que os pais encontraram para motivar os seus filhos a manterem o banheiro sempre limpo.

Shirime

A descrição deste personagem é um pouco grosseiro. Shirime foi o nome dado a uma aparição de um homem com um olho no lugar do seu ânus. Olho no cu, melhor dizendo.

Não existe quase nenhuma informação sobre suas aparições. Na verdade, só existe uma história registrada sobre o Shirime, mas, a idéia deste ser foi bastante assimilada pelo artista e poeta Yosa Buson que incluiu várias criaturas sobrenaturais nos quadros que pintou. A história do Shirime simplesmente afirma que um samurai solitário estava andando por uma estrada à noite, quando alguém o chamou. Ele se virou para ver um homem misterioso se despir e apontando para o seu traseiro. Do nada, um grande olho brilhante começou a se abrir a partir da área indicada. O samurai ficou tão horrorizado que ele saiu correndo gritando, e o Shirime nunca mais foi visto.

Foto de perfil de Kevin
Sou criador de conteúdo na internet, e web designer. Gosto muito do Japão e seu idioma, por causa de sua cultura rica e unica. Curto animes, doramas e jogos clássicos e desconhecidos.

Senha perdida

Register

Bem vindo ao Suki Desu!

Olá aqui é o Kevin administrador do site e gostaria de convida-lo apenas uma vez a curtir nossa página do Facebook e convidar a conhecer o Japonês Expresso. Estamos sempre preparando conteúdo do Japão para você!

Conheça o novo curso de japonês expresso clicando aqui.